Gestão e Qualidade | 6 de janeiro de 2020

Hospital Ernesto Dornelles mira 2020 com inovações, novas parcerias e reformas

Superintendente Odacir Rossato detalha iniciativas e novidades realizadas pela instituição 
Odacir Rossato

O Hospital Ernesto Dornelles (HED) passou por 2019 encarando os desafios, mas também inovando, investindo e garantindo seu nome forte no mercado da saúde do Rio Grande do Sul. Afinal, foi em 2019 que a instituição se associou à Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), demarcando uma importante distinção de reconhecimento e qualidade no setor privado – à época, foi a quinta instituição gaúcha a conquistar a associação.

E os planos para 2020 contemplam mais investimentos, parcerias e melhorias para a instituição, como detalha o superintendente administrativo do HED, Odacir Rossato, 14º entrevistado da série especial de final de ano do Portal Setor Saúde, que conta com a participação de executivos de saúde de hospitais e operadoras de planos de saúde do Rio Grande do Sul.

Associação à ANAHPreforma da UTI e parceria com a PUCRS

Para o superintendente administrativo, o ano de 2019 para o Hospital Ernesto Dornelles consolidou iniciativas e parcerias. Entre as iniciativas realizadas, Rossato destaca especialmente uma: a associação do HED à ANAHP. “A associação à ANAHP é um passo muito representativo entre os players no mercado da saúde”, diz.

Leia a entrevista realizada em abril. 

Visando oferecer maior conforto aos colaboradores e médicos, aumentar a qualidade na assistência prestada aos pacientes e seus familiares e acompanhantes, foi realizada a reforma total da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), resultando em um espaço moderno, funcional e seguro, destaca o superintendente administrativo.


Rossato detalha também uma importante parceria feita pelo HED com a PUC-RS, em 2019. “Demos início ao nosso Centro de Inovação e Tecnologia em Saúde HED – CITS, uma iniciativa da Gestão de Projetos e Tecnologia da informação alinhada ao nosso planejamento estratégico, consolidando uma parceria inédita do HED com a PUCRS. O convênio entre as instituições tem como objetivo a cooperação, intercâmbio tecnológico-científico, desenvolvimento de recursos humanos por meio da disseminação do uso, ensino e treinamento em tecnologia de ponta e a realização de projetos de pesquisa e inovação em saúde”, ressalta.

O Hospital passa a ocupar dois postos no Health Plus Innovation Center, localizado no Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) que conecta startups healthtechs startups healthtechs à empresas tradicionais da área de saúde, tais como hospitais, farmacêuticas, operadoras de saúde e outras empresas do ramo. A iniciativa é uma parceria da Grow+ e da PUCRS.

Parceria foi firmada em novembro

Parceria foi firmada em novembro

xxx


Com isso, Rossato aponta que o HED amplia as suas atividades para dentro do Tecnopuc, participando ativamente do ecossistema de inovação na área da saúde. “Criamos um novo objetivo estratégico, com foco na promoção da Experiência HED, onde o paciente, médico e colaborador, passam por um novo olhar”, explica.

Quatro desafios principais

“Está contemplado em nosso planejamento estratégico como foco principal a Excelência em Gestão”, destaca Rossato. Ele explica que o HED dividiu em quatro os desafios principais

1: “Expandir até a base da pirâmide este entendimento do foco principal ser em Excelência em Gestão, no qual todos os colaboradores possam transmitir aos nossos clientes segurança, atendimento qualificado e humanização de cuidados”.

2: “O segundo desafio é transmitir ao mercado a evolução de nossa organização”.

3: “Buscar certificações de garantia dos nossos serviços também fazem parte do nosso planejamento”

4: “O quarto desafio é entregar aos nossos clientes novos serviços, altamente qualificados”.

Inauguração do Centro de Diálise e Nefrologia e programa “Experiência HED” 

Para 2020, como resultado do planejamento estratégico estabelecido pela instituição e do comprometimento das equipes do HED, será retomado o serviço de hemodiálise no Ernesto Dornelles, com a inauguração do Centro de Diálise e Nefrologia. De acordo com Rossato, o Centro “nasce para ser referência em nosso Estado”.

Em 2020, o Ernesto Dornelles também irá lançar outra novidade: o programa Experiência HED. “Trata-se de um programa baseado em um conceito de experiência do paciente e que traz consigo três grandes pilares: Experiência do Paciente, da Família e do Colaborador. Este programa caracteriza-se como programa acelerador, em que por meio de um método pré-estabelecido serão priorizados projetos de diferentes áreas do hospital que possam qualificar todas as interações existentes dentro da nossa instituição”, revela o superintendente administrativo.

De acordo com o entrevistado, também há o interesse, em 2020, em promover intercâmbio de informações entre hospitais, unindo instituições públicas e privadas.


Três pilares como alicerces para tecnologias

De acordo com Rossato, a instituição alinhou a sua estratégia digital até 2022 se baseando em três pilares:

Transformação Digital e Inovação;

Infraestrutura e Operação de Tecnologia da Informação (TI); e

Gestão de Riscos de TI.

“Esse alicerce tecnológico vai ao encontro das estratégias institucionais que visam a humanização dos cuidados de saúde em todas as interações que influenciam a percepção dos pacientes, colaboradores e familiares”, explica. “Iniciativas como painéis digitais assistenciais, controle de fluxo de operações, mobilidade e colaboração na assistência utilizam recursos de Big Data, Inteligência Artificial e Internet das Coisas para fornecer apoio a tomada de decisão”, complementa.

Rossato aponta que a instituição observa a transformação digital como impulsionadora da qualidade, da eficiência e da segurança nos serviços de saúde. “Esse processo melhora a experiência do paciente por intermédio do “como” e “onde” os cuidados são prestados”, define.


Novo modelo de contrato com as operadoras

“O Hospital Ernesto Dornelles, desde outubro de 2018, já criou um novo modelo de contrato com as operadoras. Evidentemente este processo é evolutivo, que irá permitir através de uma base consolidada de dados, promover alternativas a serem trabalhadas com nossos parceiros tomadores de serviços. Esta base servirá para sustentar alternativas como DRG, pacotes, remuneração por desempenho, etc”, afirma.


Mensagem aos colaboradores

“Na verdade, nosso maior patrimônio são os nossos colaboradores, que são os responsáveis pela evolução e aprimoramento institucional. Temos de agradecer a forte parceria e comprometimento com os objetivos de nossa empresa. Quanto mais fortalecida nossa base de colaboradores maior será o HED. Desejo a todos um próspero 2020 com saúde e realizações, que possamos juntos fazer um Ernesto Dornelles cada vez melhor”, finaliza.

Odacir Rossato

É contabilista, executivo hospitalar, graduado em gestão hospitalar e pós-graduado em administração hospitalar, e Comendador do Instituto Cultural Giuseppe e Anita Garibaldi, de Bento Gonçalves. Desde 1970, atua no Hospital Ernesto Dornelles. Iniciou exercendo atividades de auxiliar administrativo, e ao longo da carreira assumiu cargos como chefe da tesouraria e contadoria, gerente financeiro-contábil, até assumir, em 2010, a superintendência administrativa do HED, onde segue até hoje. Atualmente, é vice-presidente da FEHOSUL (Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul); vice-presidente do Sindihospa (Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre); diretor financeiro da Associação de Hospitais de Porto Alegre (AHPA); e Fellow do Colégio Brasileiro de Executivos da Saúde (CBEXs).

 

Odacir Rossato

Odacir Rossato

xxx

Confira as datas e acompanhe:

DEZEMBRO

20 – Mohamed Parrini (Hospital Moinhos de Vento – Porto Alegre)

21 – Fernando Pedroso (Hospital Regional Santa Lúcia – Cruz Alta)

22 – Leandro Firme (Hospital São Lucas da PUCRS – Porto Alegre)

23 – Claudiomiro Carus (Hospital de Caridade – Erechim)

26 – Júlio Matos (Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre)

27 – Hilton Mancio (Hospital Tacchini – Bento Gonçalves)

28 – José Clóvis Soares (Hospital Divina Providência –  Porto Alegre)

29 – Ilário Jandir de David (Hospital São Vicente de Paulo – Passo Fundo)

30 – Jorge Bajerski (Hospital de Clínicas de Porto Alegre)

JANEIRO

2 – Ângela Perin (Hospital Dr Astrogildo de Azevedo – Santa Maria)

3 – André Cecchini (Grupo Hospitalar Conceição – Porto Alegre)

4 – Cleciane Simsem (Hospital Virvi Ramos – Caxias do Sul)

5 – Fernando Barreto (AESC/Hospital Mãe de Deus – Porto Alegre)

6 – Odacir Rossato (Hospital Ernesto Dornelles – Porto Alegre)

7 – Mauro Borges (Centro Clínico Gaúcho)

8 – Flávio Vieira (Unimed Porto Alegre)

 

 

VEJA TAMBÉM

Com doação de R$ 4,5 milhões, Santa Casa de Porto Alegre inaugura Instituto Materno-Fetal Celso Rigo

Entrou em funcionamento no dia 13 a primeira etapa do Instituto Materno-Fetal Celso Rigo da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Conforme a instituição, trata-se da mais completa estrutura da América Latina localizada em um único centro, voltada para o atendimento de todos os tipos de patologias materno-fetais para pacientes usuários do SUS, de convênios e particulares.

GHC lança portal de transparência com dados e informações sobre as ações de enfrentamento ao Covid

O Grupo Hospitalar Conceição (GHC) lançou o Portal Covid-19, onde estão centralizadas as informações relacionadas ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 na instituição, como aquisições e contratações, materiais e medicamentos utilizados, relatórios de ações, doações recebidas, cursos, estudos e notícias. Conforme o GHC, num esforço conjunto das gerências de Informática, de Governança, Riscos e Conformidade, de Materiais

Hospital de campanha junto ao Hospital Dom João Becker completa um mês de funcionamento em Gravataí

O hospital de campanha montado junto ao Hospital Dom João Becker  completa seu primeiro mês de funcionamento na sexta-feira (10). O local de aproximadamente 400 metros quatros é referência para todos os pacientes com sintomas gripais e respiratórios no município de Gravataí, na Grande Porto Alegre. Segundo a instituição hospitalar, mais de 1,5 mil pessoas já foram atendidas e cerca de 80 foram internadas. A estrutura temporária conta com central de triagem, quatro consultórios, sala de medicação,