Empregabilidade e Aperfeiçoamento | 23 de julho de 2014

10 dicas para evitar a infecção hospitalar

Associação norte-americana de enfermagem apresenta procedimentos 
10 dicas para evitar a infecção hospitalar

Infecções hospitalares – que ocorrem dentro da instituição – são a segunda maior causa de contágio associada aos cuidados de saúde. No entanto, cerca de metade dos casos poderiam ser evitados com medidas simples, destaca um artigo publicado no jornal AORN (Association of Perioperative Registered Nurses, dos EUA).

De acordo com a publicação especializada em enfermagem, cerca de metade das ocorrências poderiam ser evitadas com prevenção. “As bactérias estão se tornando cada vez mais resistentes aos antibióticos, tornando a prevenção ainda mais importante hoje em dia”, ressalta Lisa Spruce, diretora da AORN e autora do artigo.

A especialista sugere 10 medidas simples que os profissionais de saúde devem seguir para evitar a proliferação de infecções hospitalares:

1) Limpar as mãos com frequência com álcool desinfetante, esfregando bem as mãos

2) Utilizar os procedimentos de limpeza recomendados para a assepsia da pele do paciente antes da cirurgia

3) Manter o jaleco sempre limpo

4) Evitar passeios desnecessários pelo estabelecimento

5) Seguir protocolos de limpeza do local

6) Conversar com pacientes (e familiares) que já tiveram experiência de infecção, a fim de desenvolver estratégias de prevenção

7) Seguir uma lista de verificação de segurança cirúrgica

8) Desenvolver procedimento padrão para a equipe hospitalar sobre as medidas para evitar infecção

9) Esterilizar os nebulizadores antes de cada uso

10) Limpar os instrumentos antes da esterilização ou desinfecção

 

VEJA TAMBÉM