Estatísticas e Análises | 20 de novembro de 2017

Medicamento para câncer de próstata ganha genérico inédito no Brasil

Tratamento deve ficar 35% mais barato
Medicamento para câncer de próstata ganha genérico inédito no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) publicou o registro do medicamento genérico do acetato de abiraterona. O medicamento é utilizado no tratamento de pacientes com câncer de próstata metastático resistente a castração, em combinação com os medicamentos prednisona ou prednisolona.

A aprovação deve reduzir os custos do tratamento, já que os genéricos devem entrar no mercado com um valor pelo menos 35% menor que o valor do produto de referência, de acordo com a Lei dos Genéricos.

Até o momento, não havia genéricos do medicamento, que está no mercado com o nome comercial Zytiga, registrado pela empresa Janssen-Cilag Farmacêutica. O genérico foi registrado pela empresa Dr. Reddys Farmacêutica.

O acetato de abiraterona inibe seletivamente uma enzima necessária para a produção de androgênios (hormônios sexuais) pelos testículos, glândulas suprarrenais e tumores da próstata. Assim, diminui consideravelmente os níveis destes hormônios, os quais levam à progressão da doença.

Novembro Azul

O Novembro Azul é o mês internacional de conscientização sobre o câncer de próstata. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), ocorrem mais de 13 mil mortes por ano no país, ou uma a cada 40 minutos. No mundo, esse tipo é o que mais atinge os homens.

O exame de toque e o PSA (antígeno prostático específico) são essenciais para a detecção da doença. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), esses métodos são extremamente importantes porque, após o aparecimento dos sintomas, mais de 95% dos casos já estão em fase avançada. Os exames são capazes de detectar o câncer antes do aparecimento dos sintomas.

Embora o câncer de próstata não possa ser prevenido, há 90% de chances de cura quando diagnosticado precocemente, o que torna os exames periodicamente realizados a melhor maneira de prevenção contra a doença.

Com informações da Anvisa

VEJA TAMBÉM

Manual para Identificação e Avaliação de Tecnologias Novas e Emergentes em Saúde é lançado

Uma parceria entre a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) e membros da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologia em Saúde (Rebrats) deu origem a tradução do Manual Metodológico para Identificação e Avaliação de Tecnologias Novas e Emergentes em Saúde. O documento original foi elaborado pela EuroScan International Network, uma
"benefícios superam os riscos"

Após casos suspeitos de trombose, Anvisa solicita alteração de bula da vacina de Oxford

A Anvisa solicitou na noite desta quarta-feira (7) a inclusão de possíveis ocorrências tromboembólicas com trombocitopenia no item “Advertência e Precauções” da bula da vacina de Oxford/Astrazeneca/Fiocruz. “Tratam-se de casos muito raros de formação de coágulos sanguíneos associados à trombocitopenia – diminuição do número de plaquetas (fragmentos de células  que ajudam a coagular o sangue) – e, em alguns casos, sangramentos que podem estar associados ao uso da vacina. Os casos foram

Santa Casa participa de estudos publicados nas duas mais importantes revistas médicas do mundo 

O Centro de Hipertensão Pulmonar da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, liderado pela médica Gisela Meyer, participou de dois grandes estudos internacionais para a avaliação de novas medicações para o tratamento da hipertensão arterial pulmonar, que foram publicados no The Lancet e no The New England Journal of Medicine (NEJM) em março e abril,