Gestão e Qualidade | 4 de janeiro de 2019

Hospital Banco de Olhos destaca processo de reestruturação e investimentos em TI

Diretor Antônio Quinto Neto também falou com exclusividade sobre os objetivos para 2019
Hospital Banco de Olhos destaca processo de reestruturação e investimentos em TI

Em 2018, o Hospital Banco de Olhos passou por uma reestruturação em várias áreas, além de investir em atualizações tecnológicas para a instituição. O ano também foi de aproximação com as fontes pagadoras, buscando o melhor relacionamento com o mercado. Para 2019, cinco objetivos estão bem definidos. Estas foram algumas das análises feitas por Antônio Quinto Neto, diretor administrativo do Banco de Olhos, 12º entrevistado da série especial de final de ano do Portal Setor Saúde, que conta com a participação 14 executivos de saúde de hospitais do Rio Grande do Sul.

Relacionamento e atualização tecnológica

“Nas ações de relacionamento com o mercado, a aproximação com as fontes pagadoras foi no sentido de promover a atualização de contratos e convencer sobre a praticidade da negociação com base em kits médico-assistenciais, cujo propósito é dar previsibilidade para ambas as partes”, explica Quinto Neto.

O diretor administrativo traça quatro importantes conquistas da instituição em 2018. “As principais conquistas do ano da instituição foram a implantação do Sistema Informatizado MV Soul, o qual começa a elevar o grau de domínio das principais atividades desenvolvidas no Hospital; a implantação de protocolos médico-assistenciais e gerenciais; a implantação de kits médico-assistenciais; e a utilização de manuais de melhores práticas assistenciais e gerenciais”, informa.

Desafios e investimento para 2019

Para 2019, Antônio Quinto Neto mira cinco principais desafios para o Hospital Banco de Olhos: “Aperfeiçoar o desenvolvimento dos kits médico-assistenciais com base no perfil epidemiológico da clientela que chega ao Hospital; desenvolver relacionamento privilegiado com fontes pagadoras dispostas a oferecer serviços referenciados para os seus beneficiários; efetuar reformas de infraestrutura que melhorem a ambiência hospitalar, destacando-se em particular a segurança e o conforto;  obter a certificação ONA – Acreditação; e implantar pelo menos dois centros de subespecialidades”, diz.

Hospital Banco de Olhos realiza Simpósio de Oftalmologia

O diretor administrativo ressalta que, em 2019, o Hospital Banco de Olhos investirá em gestão por processos, atualização de tecnologia diagnóstica e aprimoramento do relacionamento com as fontes pagadoras e fornecedores. “Associado a essas medidas, serão desenvolvidas ações de reposicionamento do Hospital em relação ao mercado, ao mesmo tempo que se buscará ampliar as relações com os diversos segmentos sociais que possam contribuir para o fortalecimento institucional”, explica.

Expectativa quanto aos novos Governos, nas esferas Estadual e Federal

O diretor administrativo do Banco de Olhos nutre expectativas otimistas, tanto para o Governo Estadual do RS quanto Federal, que assumirão em 2019. “Esperamos que ambos consigam olhar para o setor como uma área prioritária, e isso significa destinação de recursos associado à exigência de uma gestão responsável e qualificada”, diz.

Mensagem de final de ano para o setor da saúde

“O início de um novo ano sempre representa uma excelente oportunidade de renovação de esperanças e motivação para executar planos que tragam melhorias. A nossa expectativa é de que os governantes consigam dar um novo impulso de desenvolvimento para o nosso estado e país. Portanto, a nossa mensagem para o setor é de otimismo, associado a um empenho que seja capaz de imprimir energia e inovação em direção a uma nova era de progresso”, são as palavras entrevistado da série especial do Portal Setor Saúde.

Antônio Quinto Neto

Diretor Administrativo do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre, Antônio Quinto Neto também é médico psiquiatra – graduado na Universidade Federal do Pará; mestre em Administração pela UFRGS; especialista em Avaliação de Sistemas e Serviços de Saúde; Membro do Conselho Editorial da Revista de Administração em Saúde, da Associação Paulista de Medicina; Avaliador Sênior do Instituto de Acreditação Hospitalar e Certificação em Saúde – IAHCS/ONA; e professor convidado dos cursos de especialização do IAHCS/Fasaúde.

Confira as entrevistas já publicadas e as datas de publicação das próximas

Dezembro

21 – Mohamed Parrini (Hospital Moinhos de Vento)

22 – Fernando Pedroso (Hospital Regional Santa Lúcia – Cruz Alta)

23 – Fábio Fraga (Hospital Mãe de Deus)

26 – Ângela Perin (Hospital Dr Astrogildo de Azevedo – Santa Maria)

27 – Odacir Rossato (Hospital Ernesto Dornelles)

28 – Hilton Mancio (Hospital Tacchini – Bento Gonçalves)

29 – Sérgio Baldisserotto (Hospital São Lucas da PUC-RS)

30 – Ilário Jandir de David (Hospital São Vicente de Paulo – Passo Fundo)

Janeiro

2 – Nadine Clausell (Hospital de Clínicas de Porto Alegre)

3 – Claudiomiro Carus (Hospital de Caridade -Erechim)

4 – Antônio Quinto Neto (Hospital Banco de Olhos)

5 – Ricardo Minotto (Hospital Divina Providência)

6 – Cleciane Simsen (Hospital Virvi Ramos – Caxias do Sul)

7- Adriana Acker (Grupo Hospitalar Conceição)

VEJA TAMBÉM

Mindray oferece treinamentos gratuitos de ventilação mecânica para hospitais no combate a Covid-19

Diante das novas configurações das equipes de saúde para enfrentar a alta demanda de casos de internação por Covid-19 em todo o território brasileiro, a Mindray, provedora de dispositivos e soluções médicas do mundo, passou a disponibilizar gratuitamente uma série de treinamentos hospitalares sobre ventilação mecânica para médicos, fisioterapeutas, enfermeiros e engenheiros clínicos. A capacitação
covid-19

Hospital Moinhos de Vento presta consultoria para retomada das atividades com segurança

Equipes da Consultoria do Hospital Moinhos de Vento estão avaliando rotinas e indicando adaptações necessárias para dar mais segurança e reduzir os riscos de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19) no retorno das atividades de órgãos públicos, instituições e empresas. Para cada cliente, é feito um diagnóstico de acordo com o seu ramo de atuação e público,

PUCRS e Rede Divina Providência firmam convênio de cooperação acadêmica

 xx Em convênio assinado na segunda-feira (25), a PUCRS soma forças ao conceito de maternidade humanizada, segura e resolutiva presente no DNA de atuação das irmãs da Rede de Saúde Divina Providência. A finalidade do convênio firmado entre as instituições católicas é estabelecer e regulamentar um programa de cooperação acadêmica nas áreas de atuação e interesse comuns, iniciando pelo campo de prática