Empregabilidade e Aperfeiçoamento | 23 de março de 2018

Aula Magna da FASAÚDE discutiu Cocriação, Eficácia e Ousadia nas Estratégias Inovadoras

Atividade reuniu professores, alunos e comunidade para debater Gestão Hospitalar
Aula Magna da FASAÚDE discutiu Cocriação, Eficácia e Ousadia nas Estratégias Inovadoras

A Faculdade de Tecnologia em Saúde (FASAÚDE/IAHCS), parceira da FEHOSUL, realizou a sua primeira aula magna de 2018, no dia 21 de março, com o tema Cocriação, Eficácia e Ousadia nas Estratégias Inovadoras, apresentada pelo Gestor e Professor, Dr. Ricardo Minotto.

Aberto ao público, o evento reuniu alunos e comunidade para debater o papel do Gestor Hospitalar na atualidade. Segundo a Coordenadora do curso de Gestão Hospitalar da FASAÚDE, Maralice Staniecki, a proposta da Aula Magna é apresentar para os alunos e público interessado temas que os ajudem a se conectarem à realidade de mercado, característica da força da Instituição de ensino com mais de 40 anos de atuação.

O tema e o próprio curso traçam tópicos do cotidiano do gestor. “ Trouxemos assuntos que o mercado de trabalho exige do nosso aluno e futuro gestor. Nosso objetivo é formar um profissional preparado para atender às exigências do mercado contemporâneo”, explica.

Ricardo Minotto e Maralice Stanieck

Ricardo Minotto e Maralice Staniecki realizaram a abertura do evento

 

De acordo com Maralice, o Dr. Minotto foi escolhido pela sua vasta experiência na área. “O palestrante apresentou, através de sua experiência e vida profissional, diretrizes estratégicas necessárias para orientar e coordenar essa empresa tão complexa que é o hospital”, informa. Além disto, “ o professor Minotto é um exemplo de profissional que alia e personifica a integração constante de mercado e meio acadêmico”, explica.

O aluno da graduação da Fasaúde (Gestão HospitalarLeonardo Furtado Rodrigues, compareceu ao evento em busca de conhecimento e experiência na área. “É um assunto que ainda sou leigo, estou aqui para aprender bastante. É importante para meu futuro profissional”, conta.

Segundo Rodrigues, uma das razões de sua presença foi o palestrante. “O Dr. Minotto tem uma grande bagagem, extremo conhecimento e um currículo espetacular. Ele me incentivou a estar aqui”, fala.

Aula Magna da FASAÚDE discutiu Cocriação, Eficácia e Ousadia nas Estratégias Inovadoras

Público foi composto por alunos, professores e comunidade local

 

O médico do Instituto de Cardiologia de Viamão e aluno da pós-graduação da Fasaúde (Auditoria em Saúde), Alexandre Fucks, aborda a relevância do tema. “É um assunto importante para quem trabalha em hospital, é importantíssimo saber o que é global e não só o básico”, diz.

“Sem dúvida, ele [Minotto] é uma pessoa extremamente competente e qualificada. Sempre devemos aproveitar a oportunidade de conseguir agregar conhecimento, ainda mais vindo de uma pessoa que nem ele. Uma pessoa desse gabarito é essencial para a troca de experiência”, conclui.

Tambem aluna da graduação em Gestão Hospitalar e executiva de contas da L2 Company/Webmed, Gislaine Lorenz, enfatizou a importância do evento. “Ricardo Minotto é uma pessoa com bastante experiência, com grande know-how e isso agrega muito valor à aula. O tema também é importante, precisamos estar antenados, não adianta apenas ir às aulas durante a semana, precisamos procurar mais”, conta.

Para a executiva de contas, eventos do tipo são essenciais para sua carreira profissional. “No meu trabalho, em especial, vai ajudar bastante. Todas essas inovações e estratégias que ele traz vão me beneficiar pelo fato de eu trabalhar na área de gestão na saúde. O tema de hoje vai me ajudar nas aulas que se iniciam e no meu trabalho”, esclarece.

Conceito e prática de mercado

O gestor e professor, Dr. Ricardo Minotto, iniciou sua apresentação agradecendo à FASAÚDE/IAHCS pela oportunidade e explicou a grande importância da instituição de ensino na formação de profissionais da área da saúde. “O curso de Gestão Hospitalar da FASAÚDE tem um currículo muito bem estruturado, consistente, que percorre as principais disciplinas da gestão. Acredito que esse é o momento da gente percorrer aspectos conceituais e as questões práticas de vivência no mercado”, explica.

Com 34 anos de experiência na saúde, Minotto contou que a melhor forma de realizar ações na área é de forma conjunta com diferentes partes, sendo um processo de construção e criação para identificar a melhor solução e atender as necessidades e também se antecipar. Construir novas soluções.

Aula Magna da FASAÚDE discutiu Cocriação, Eficácia e Ousadia nas Estratégias Inovadoras

O gestor e professor, Ricardo Minotto, comandou a primeira aula magna de 2018 da FASAÚDE

 

gestor esclarece que a eficácia, atualmente, está ainda mais presente na área da saúde. Com maior intensidade nas estratégias e soluções inovadoras. “É um tema que deve ser instigado permanentemente nos alunos e profissionais”, conta.

Já a ousadia e inquietação, segundo Minotto, devem ser estimuladas para que o profissional saia da zona de conforto e abordagem. “A solução não está em algo fora, ela está dentro de nós, dentro de nossa instituição”, esclarece.

De acordo com o gestor, a “inovação é o produto, processo, sistema de gestão, pensamento, atitude, forma de pensar e de se posicionar, buscando novas soluções e conceitos que ainda não foram pensados e ainda têm espaço para se desenvolver”.

Para o Dr. Ricardo Minotto, o conhecimento técnico é muito importante em qualquer área, mas a atitude e posicionamento do profissional são determinantes para o crescimento na área e busca de espaços e oportunidades para o futuro. “Esse elemento é o principal a ser trabalhado”, informa.

O palestrante também elogiou a troca de experiências que a Fasaúde (IAHCS) e diz se aproximar dos estudantes porque está permanentemente aprendendo e buscando novas informações. “Estar aberto a aprender é essencial. O maior erro de alguns profissionais é ter o pensamento de que já sabem tudo. Esse é um erro que não devemos cometer”, conclui.

FASAÚDE

A FASAÚDE conta com cursos de excelência tanto em graduação, quanto na pós-graduação. O tecnólogo em Gestão Hospitalar, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), está com suas últimas vagas abertas para o primeiro semestre de 2018.

Os cursos de pós-graduação em Administração Hospitalar e Negócios em SaúdeArquitetura HospitalarMBA em Auditoria em Saúde e o curso deextensão em Revisão e Faturamento de Contas Hospitalares e de Planos de Saúde também estão com vagas abertas.

Os candidatos interessados a ingressar nos cursos podem ligar para o número (51) 33 31 95 55 ou enviar um e-mail para ingresso@fasaude.com.br,canal direto criado para responder todas as dúvidas sobre disponibilidades de planos, métodos de pagamento e formas de ingresso.  Outras informações podem ser acessadas através do site www.fasaude.com.br.

VEJA TAMBÉM

BENTO GONÇALVES

Hospital Tacchini abre processo de seleção para contratar mais de 100 profissionais da saúde

O Hospital Tacchini, de Bento Gonçalves, está realizando obras de ampliação da sua UTI Adulta, as quais devem ser concluídas nos próximos meses. Para suprir essa demanda, a instituição busca contratar, de forma imediata, cerca de 100 profissionais, principalmente Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros. Deste total, 40 atuarão diretamente na UTI Adulto e os demais, nas diversas unidades assistenciais da instituição. Há
CANADÁ

Canadá vem ao Brasil em busca de enfermeiros

Uma missão especial da Recrutement Santé Québec (RSQ) – programa do Ministério da Saúde e Serviços Sociais do Québec, responsável por recrutar profissionais de saúde diplomados fora do Canadá – vem ao Brasil em busca de enfermeiros para trabalhar na província (Estado) de Québec. A equipe estará em São Paulo, entre os dias 28 de janeiro e 1º
concurso público

Hospital de Clínicas de Porto Alegre abre concurso público com salários de até R$ 8,5 mil

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) abriu inscrições para novo concurso público. As vagas são para os níveis superior, médio e fundamental. As oportunidades são para profissionais da formados em medicina, direito, biologia, biomedicina, enfermagem, fonoaudiologia, tecnologia da informação, administração, ciências econômicas, ciências contábeis, e outras graduações com especialização em áreas específicas. Os salários podem