Gestão e Qualidade | 9 de março de 2019

FEHOSUL completa 30 anos com uma trajetória de luta e conquistas 

Para o futuro, entidade aposta em ações que entreguem mais valor para a sociedade
FEHOSUL completa 30 anos com uma trajetória de luta e conquistas 

Uma das entidades pioneiras de representação dos estabelecimentos prestadores de serviços de saúde do Brasil, a FEDERAÇÃO DOS HOSPITAIS E ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DO RIO GRANDE DO SUL (FEHOSUL) completa no dia 9 de março, 30 anos de atuação. Constituída por 11 sindicatos filiados, a entidade mantem papel importante para a melhoria da saúde no Estado.

“ O Rio Grande do Sul é reconhecido pela qualidade de seus hospitais, clínicas, laboratórios e por formar uma mão de obra que se destaca no mercado nacional. Ao longo da sua trajetória, a FEHOSUL e seus sindicatos contribuíram para ajudar os hospitais de ontem a se tornarem referências em qualidade assistencial e de gestão, buscando sempre, defender a sustentabilidade como elemento de ampliação da oferta de serviços de qualidade para a sociedade. Temos a certeza de que nossa missão vem sendo cumprida, o que se reflete na ponta do processo: pacientes atendidos de forma humanizada e com resolutividade pelos estabelecimentos de saúde que fazem parte da nossa rede de associados e representados”, destaca Cláudio Allgayer, presidente da entidade.

Presidente da FEHOSUL, Dr. Cláudio José Allgayer

Presidente da FEHOSUL, Dr. Cláudio José Allgayer

xxx

Colaboração e sentido de união

Ao longo da atuação da FEHOSUL, Cláudio Allgayer relembra que “as reuniões da FEHOSUL, com os principais executivos [CEOs e Superintendentes] sempre foram compostas por uma participação, colaborativa, ajudando a forjar um conhecimento único e altamente aplicável para a adoção de boas práticas de mercado. Lembro, sempre, de vermos em nossas reuniões concorrentes trocando ideias e abrindo o seu conhecimento para o outro. Esta é a essência de nossa entidade, a cooperação e o sentido de integrar um movimento maior de mudança. Acredito que este é o combustível da nossa entidade e resume o motivo de defendermos tanto a união em prol da saúde gaúcha. Os grandes líderes que pela FEHOSUL passam ou passaram são parte integrante da simbologia que é fazer parte do nosso Sistema”, assegura Allgayer.

Lideranças em encontro da FEHOSUL, que contou com palestra do presidente e diretor executivo da FEHOSUL

Lideranças em encontro da FEHOSUL

xx

Agenda 2020 

A FEHOSUL é uma das entidades responsáveis por promover as reuniões do grupo técnico da Câmara Temática da Saúde. O relatório é entregue para os gestores públicos, com propostas e estratégias para a saúde. Em 2018, o presidente da entidade entregou o material em mãos ao então candidato e atual presidente eleito, Jair Bolsonaro, em evento realizado em Porto Alegre.

Formando lideranças 

A FEHOSUL se notabiliza por entregar resultados em áreas como a educação e formação de líderes. “Nestes 30 anos, ajudamos na formação de lideranças que atuam nas principais redes de saúde do Estado e do Brasil, assim como em empresas da indústria da saúde. Através de cursos e eventos, a entidade se tornou um centro de excelência para o mercado. A FEHOSUL promoveu e incentivou várias estratégias nesta área, como o primeiro curso de pós-graduação em Administração Hospitalar, o evento Sul Saúde, missões internacionais e mais recentemente o maior evento de tendências e inovações em saúde, o Seminários de Gestão”, explica a Gerente de Relacionamento com o Mercado da FEHOSUL, Shirlei Gazave.

Seminários de Gestão: Os filiados da FEHOSUL têm acesso aos principais conteúdos de gestão, tecnologia e inovação em saúde através do principal evento da saúde gaúcha. A FEHOSUL, juntamente com o Sindihospa e Associação dos Hospitais do RS (AHRGS) discute as principais tendências do setor, com conteúdos exclusivos trazidos por executivos de destaque da saúde nacional. Já participaram do evento lideranças como:  Paulo Chapchap (CEO Hospital Sírio-Libanês), Jorge Moll (Presidente do Conselho de Administração da maior rede de hospitais privados do país, a Rede D´Or São Luiz)Henrique Sutton de Sousa Neves (Diretor Geral do Hospital Albert Einstein)Mohamed Parrini (Superintendente do Hospital Moinhos de Vento), Alceu Alves da Silva (Vice-presidente MV Sistemas ), Fernando Torelly (Diretor Executivo do Hospital Sírio-Libanês)Paulo Hoff (principal oncologista do Brasil, da Rede D´Or São Luiz), Jaderson Costa da Costa (Instituto do Cérebro/PUCRS), Nadine Clausell (Hospital de Clínicas de POA), dentre tantos outros.

Veja todos os vídeos com entrevistas do Seminários de Gestão. 

publico_seminario_30

Executivos, CEO´s, Superintendentes, autoridades e profissionais da saúde são presença constante no Seminários de Gestão, promovido pela FEHOSUL, Sindihospa e AHRGS

XX

Incentivo à Acreditação e Certificação de Qualidade e Segurança do Paciente

QUALIS-RS, outro projeto pioneiro desenvolvido pela FEHOSUL, qualifica a gestão e a prestação de serviços na área da saúde do Rio Grande do Sul, fundamentado em pilares do Sistema Brasileiro de Acreditação ONA e de práticas relativas às ações de Segurança do Paciente, conforme preceitos da RDC 36 da ANVISA e dos padrões de qualidade e segurança adotados pelo Ministério da Saúde.

No primeiro ano do projeto, Ciclo I (2017/2018) cinco instituições filiadas conquistaram a Acreditação ONA. O Ciclo II (2018/2019) já está em andamento.

 Leia matéria com os executivos das instituições acreditadas.

O Projeto tem um conjunto de características que contribuem para o seu sucesso, dentre elas: corpo técnico especializado; condições efetivas de implantação de desenvolvimento de práticas para ações de Segurança do Paciente; planejamento e implementação de planos e ações para a promoção das condições para a Acreditação ONA e participação de várias entidades e organismos locais no financiamento do Projeto, tornando-o mais acessível.

Presentes ao evento do QualisRS em Porto Alegre

Presentes ao evento do QualisRS em Porto Alegre

xxx

Defesa e ações junto ao IPE-Saúde, SUS e na Saúde Suplementar

IPE-Saúde: No RS, a FEHOSUL é integrante do Grupo Paritário do IPE-Saúde composto por representantes do mercado, que deliberam sobre questões importantes para a saúde do RS. O IPE-Saúde possui cerca de 1 milhão de beneficiários, atendendo servidores públicos e seus familiares. Dentre as ações da FEHOSUL, estão a busca por reajustes, pagamentos dos valores devidos atrasados e negociações em relação a novos serviços oferecidos aos beneficiários, além de ações judiciais para reverter abusos ou condições que impactem a sustentabilidade dos prestadores.

Operadoras de planos de saúde: Assim como ocorre em relação à atuação junto ao IPE-Saúde, a FEHOSUL atua na defesa dos interesses de seus filiados no âmbito da saúde suplementar. Destacam-se ações contra abusos de poder econômico, desvalorização dos serviços e situações que envolvem glosas (não pagamento de atendimentos, medicamentos, materiais ou taxas cobradas pelas empresas prestadoras). Mantem canal de interlocução e reuniões periódicas com operadoras líderes de mercado.

Negociação política com governos e entidades: No RS, solicita audiências com governo estadual e prefeituras, além de secretarias municipais de saúde de todo o Estado, buscando alterar condições desfavoráveis para os seus filiados.

CNSaúde: Através da CNSaúde, desenvolve ações junto a órgãos como Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Anvisa e Ministério da Saúde. Como entidade representativa de terceiro grau, possui canal direto com o Governo Federal, Câmara dos Deputados e Senado, sendo responsável por propor demandas do setor patronal da saúde. Adicionalmente, desenvolve grupos de estudos (em Porto Alegre e em Brasília) para avaliar condições de mercado que posam auxiliar em um melhor relacionamento com as operadoras e SUS – para hospitais, clínicas e laboratórios. Uma das recentes conquistas foi em relação ao Fator de Qualidade da ANS. Atendendo a uma reivindicação antiga da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde) e dos prestadores de serviços em geral, o Fator 85%, que significava a imposição de um deflator no reajuste anual dos serviços prestados, deixou de ser aplicado.

Futuro e remodelação do seu negócio

“ Defender os interesses de hospitais, clínicas, laboratórios e demais estabelecimentos de serviços de saúde do Rio Grande do Sul se manterá como missão da nossa entidade. Porém, é importante apostar em novas fontes de financiamento e oferecer novas áreas e serviços. Em nossos próximos encontros  iremos discutir ações de inovação e tecnologia que possam trazer vantagens para os filiados, como diminuição de custos, melhoria da gestão, assim como favorecer a entrega de valor na saúde”, explica Cláudio Allgayer.

Saiba mais sobre a FEHOSUL, seus serviços e a importância de fazer parte do Sistema.

História

Com os debates ocorridos na fase de elaboração da atual Constituição Federal, entre os anos de 1987 e 1988, os então dirigentes da Associação dos Hospitais do Rio Grande do Sul (AHRGS) verificaram que o setor patronal da saúde gaúcha, estava sub representado, em termos sindicais – existiam apenas os sindicatos de hospitais de Porto Alegre e de Pelotas – e nessa época o RS contava com 333 municípios, contra os 497 atualmente. Por outro lado, a nova Carta Constitucional, que estava sendo redigida, concedia aos sindicatos uma maior abrangência de atuação no marco da reconquista das liberdades consagrada no Estado Democrático de Direito.

O primeiro sindicato constituído sob este movimento foi o Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde da Região Serrana, com sede em Cruz Alta, fundado no dia 17 de dezembro de 1988, que elegeu como seu primeiro presidente o médico Pedro Bandarra Westphalen, atual deputado federal e na época Diretor do Hospital Santa Lúcia.

Subsequentemente, nos três meses seguintes foram criados mais quatro Sindicatos regionais de hospitais e estabelecimentos de saúde, os quais constituíram, nos termos da legislação, o núcleo que se formatou na fundação da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul (FEHOSUL), ocorrida a 9 de março de 1989. Atualmente, a FEHOSUL é constituída por 11 sindicatos filiados, os quais apresentam base territorial que abrange todo o Rio Grande do Sul.

Já  em 22 de março de 1994, a FEHOSUL ajudou na criação da Confederação Nacional de Saúde – CNS (hoje denominada CNSaúde). Por decisão da Assembléia-Geral Extraordinária realizada entre a Federação Nacional dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde – FENAESS –, Federação de Hospitais do Rio Grande do Sul – FEHOSUL – e Federação dos Hospitais do Paraná – FEHOSPAR –, deu-se início ao sonho de unificar as entidades de classe de saúde, com o objetivo de criar uma representação nacional de terceiro grau do setor. Com sede em Brasília, CNSaúde é responsável por propor soluções e projetos de leis, defender os interesses dos diferentes segmentos da saúde no poder federal, Agência Nacional de Saúde Suplementar, ANVISA e outros órgãos. Atualmente a CNSaúde congrega oito Federações (FENAESS, FEHOSUL, FEHERJ, FEHOSPAR, FEHOESC, FEHOESG, FEBASE E FEHOESP) e mais de 90 Sindicatos em todo o Brasil.

Sindicatos

Os Sindicatos e seus respectivos presidentes que integram o Sistema FEHOSUL são: Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (HENRI SIEGERT CHAZAN), Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Pelotas (MAURÍCIO DE ABREU E LIMA GUIMARÃES), Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Planalto Médio e Alto Uruguai (ANDRÉ KUHN),  Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde da Grande Porto Alegre e Litoral (CLÁUDIO JOSÉ ALLGAYER), Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde da Região Centro (RAFAEL SILVEIRA), Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde da Região Nordeste (CLECIANE DONCATTO SIMSEN), Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde da Região Serrana (FERNANDO SCARPELLINI PEDROSO), Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde da Região Sul (FERNANDO DE MELLO GOMES), sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Vale do Rio Pardo e Taquari (OZÓRIO SAMPAIO MENEZES) e Sindicato dos Laboratórios de Análises Clínicas do Rio Grande do Sul (LUIZ CÉSAR LEAL NETO).

 

Edições do Jornal dos Hospitais, desenvolvido pela FEHOSUL e AHRGS

Edições do Jornal dos Hospitais, desenvolvido pela FEHOSUL e AHRGS. A entidade, hoje, mantêm parceria com o portal Setor Saúde para divulgar as ações de seus filiados

Breno Monteiro (presidente da CNSaúde), Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e Pedro Westphalen

Breno Monteiro (presidente da CNSaúde), Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e Pedro Westphalen

 

Ministro da Saúde em 1997, Carlos Albuquerque prestigiou a abertura do Sul Saúde da FEHOSUL

Ministro da Saúde em 1997, Carlos Albuquerque prestigiou a abertura do Sul Saúde da FEHOSUL

 

VEJA TAMBÉM