Gestão e Qualidade | 30 de novembro de 2020

Encontro marca o reposicionamento da oncologia do Hospital Mãe de Deus

Entre as iniciativas estão a Clínica Integrada, as reuniões multidisciplinares do Tumor Board e o serviço de Segunda Opinião
Encontro marca o reposicionamento da oncologia do Hospital Mãe de Deus_

Estudos internacionais comprovam que, cuidar do paciente em equipe multidisciplinar, afeta positivamente o planejamento e a implantação da terapia, com maior adesão às recomendações e maior eficiência na tomada de decisões. Esse cuidado, multidisciplinar e integrado, é a base do Centro Integrado de Oncologia do Hospital Mãe de Deus, que foi apresentado no encontro Soluções Integradas de Combate ao Câncer, realizado no Dia Nacional de Combate ao Câncer (27/11).

O encontro marcou o reposicionamento da oncologia do Hospital, mantido pela Associação Educadora São Carlos (AESC). Ao longo do último ano uma série de ações foram desenvolvidas para a entrega de um conceito e uma prática com foco no atendimento multiprofissional, e de maneira sequencial, para entregar ao paciente oncológico maior assertividade e agilidade na tomada de decisão da conduta clínica.


De acordo com o diretor do Centro Integrado de Oncologia, Leonardo Morelli, o ano de 2020 foi de consolidação da nova filosofia de gestão e, mesmo com a pandemia, os resultados são promissores. “Já entendíamos que o paciente oncológico precisa de um atendimento diferenciado, com cuidados que ultrapassam as barreiras físicas hospitalares e atendimentos pontuais. Com a pandemia, nossos esforços para garantir a segurança dos pacientes aumentaram. Vemos agora que este ano de 2020 foi de consolidação”.


solucoes integrada cancer

 

A busca por soluções integradas no combate ao câncer conta com o apoio de mais de 100 profissionais, das áreas mais variadas, desde médicos oncologistas, radioterapeutas, cirurgiões, nutricionistas, físicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, farmacêuticos e toda equipe de apoio.

Conforme o Hospital Mãe de Deus, entre muitas práticas analisadas e testadas, um conjunto de ações foi implementado. Entre as iniciativas estão a Clínica Integrada, as reuniões multidisciplinares do Tumor Board e o serviço de Segunda Opinião, todas ações pautadas para colocar cada paciente com câncer no centro do cuidado durante todo o seu percurso terapêutico, o que significa integrar e personalizar a condução do cuidado, contribuindo ativamente para o melhor desfecho clínico.

As informações e casos apresentados do Centro Integrado de Oncologia podem ser conferidas no link: https://www.oncologiahmd.com.br/.

Clínica integrada: vários especialistas atendem juntos ao paciente

A Clínica Integrada é um atendimento multidisciplinar que ocorre em um único dia, sequencial, onde o paciente é atendido pelas três grandes especialidades oncológicas: oncologia clínica, radioterapia e cirurgia. Esses três profissionais em conjunto vão dar um parecer de conduta para o paciente de uma maneira rápida e efetiva, evitando que ele tenha que percorrer mais de uma clínica ou consultório.

No tratamento do câncer, a diminuição do tempo entre uma consulta e outra pode ser crucial. Além das consultas, exames como tomografia e ressonância também são otimizados, com direcionamento conjunto dos profissionais, diminuindo com isso custos operacionais.

Reunião de médicos para analisar o caso – Tumor Board

As decisões tomadas a partir do Tumor Board têm entre 27 a 35% de chance de ter o plano de tratamento mudado para melhor, aumentando a assertividade e reduzindo o tempo para o início do tratamento devido a sincronia entre os especialistas.

Nas reuniões estruturadas do Tumor Board, são discutidos diagnósticos, aspectos de tratamento e o melhor gerenciamento do cuidado do paciente. Os encontros contam com equipes de especialistas em oncologia clínica, cirurgia, radioterapia, radiologia, patologia e oncogenética, além de outros médicos e profissionais, de acordo com a necessidade de cada caso. Atualmente, o CIO conta com oito grupos: mama, tórax, gastrointestinal, uro-oncologia, neuro-oncologia, oncocardiologia, hematologia e oncologia cutânea.


Nas palavras do Dr. Alan Azambuja, gestor médico do Centro Integrado de Oncologia do Hospital Mãe de Deus, “reuniões de diferentes especialistas estabelecem um olhar abrangente sobre cada caso, fazendo com que os pacientes tenham acesso às melhores opções de tratamentos com base na discussão multidisciplinar, otimizando os procedimentos e reduzindo o tempo para o início de tratamento. Para nós, é um compromisso com os pacientes do Hospital Mãe de Deus”.


A.C Camargo Câncer Center e NAVIFY (Roche)

A prática no Hospital Mãe de Deus conta com a parceria científica do A. C. Camargo Câncer Center – referência internacional em oncologia – e desde julho, conta com o reforço da inovação do NAVIFY® Tumor Board, da Roche, que integra, com a segurança, dados relevantes dos pacientes em um único painel, e permite o cruzamento de informações, proporcionando ainda maior eficiência na tomada de decisão em prol do paciente.

Segunda Opinião Médica

Procurar uma segunda opinião pode ser benéfico tanto para pacientes, quanto para médicos. Uma visão mais ampla é fundamental para estabelecer o melhor diagnóstico e tratamento. O Centro Integrado de Oncologia do Hospital Mãe de Deus oferece o serviço de Segunda Opinião Médica para pacientes e médicos de qualquer instituição podem contar com mais uma avaliação de especialistas.

A Segunda Opinião Médica consiste na consulta a outro profissional, com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre um caso analisado anteriormente. Essa consulta pode ser solicitada para diagnósticos, tratamentos e laudos de exames, tanto entre colegas quanto pelo paciente. Se necessário, o caso pode ser discutido em reunião clínica de Tumor Board onde várias especialidades discutem o caso em conjunto para chegar no melhor plano terapêutico para o paciente.

hmd_c

Mudanças na gestão para uma oncologia mais eficiente e sustentável

Tornar a gestão de oncologia mais eficiente em prol do paciente, com custos sustentáveis e a melhor administração do tempo de todos os envolvidos é um desafio constante.


De acordo com a coordenadora de projetos do Centro Integrado de Oncologia do Hospital Mãe de Deus, Carmela Nicolini, “a padronização e geração de inteligência compartilhada de protocolos clínicos da oncologia, cirurgia e radioterapia indicam um potencial real de aumento na efetividade desde o início do tratamento, com melhora na qualidade de vida do paciente e diminuição dos custos, com resolução rápida de eventos adversos, controle de sintomas e melhora na qualidade de vida do paciente”.

Os esforços do Hospital Mãe de Deus seguirão no objetivo de “construir pontes, diminuir barreiras e unir diversas especialidades para juntos entregarem a melhor medicina possível aos pacientes com o menor custo possível, ressalta o diretor do Centro Integrado de Oncologia, Leonardo Morelli.


Referências:

  1. Jornal of Oncology Practice, Reviewing Cancer Care Team Effectiveness, May, 2015 vol. 11.
  2. Lee B, Kim K, Choi JY, Suh DH, No JH, Lee HY, et al. Efficacy of the multidisciplinary tumor board conference in gynecologic oncology: A prospective study. Medicine (Baltimore). 2017;
  3. Gatcliffe TA, Coleman RL. Tumor board: more than treatment planning–a 1-year prospective survey. J Cancer Educ. 2008;23(4):235-7.

 



VEJA TAMBÉM