Tecnologia e Inovação | 4 de dezembro de 2017

Transformação digital na área da saúde também foi tema do Seminários de Gestão 

Palestra no evento da FEHOSUL/SINDIHOSPA destacou o conceito dos 3 V’s da big data
Transformação digital na área da saúde também foi tema do Seminários de Gestão 

A segunda palestra da IV edição do evento Seminários de Gestão: Tendências e Inovações em Saúde, promovido pela Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do RS (FEHOSUL) e pelo Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA), teve como tema a Transformação Digital e foi apresentada pelo Head de Inteligência de Mercado da Bionexo, Denis Neves.

Logo no início, o palestrante lembrou que os hospitais não nasceram digitais. Entretanto, essas instituições devem buscar se digitalizar. “Todas as entidades que não nasceram digitais necessariamente buscarão o caminho para a sua Digital Transformation”, explica.

Neves também destacou a importância da utilização e entendimento da Big Data pelos estabelecimentos de saúde. Ele classificou o termo como “grandes conjuntos de dados que contém informações relevantes e não triviais”.

Sobre a Bionexo, o Head de Inteligência de Mercado destacou a efetividade da empresa. “A Bionexo é parceira dos hospitais há muitos anos, desde o ano 2000. A gente vem ajudando no universo de suprimentos. Todas as compras que os hospitais fazem utilizam a solução Bionexo. Esse ano esses hospitais vão movimentar cerca de 8 bilhões de reais utilizando nosso MarketPlace”, conta.

O palestrante também esclareceu aspectos ligados a aplicação da big data e como ela pode ser uma ferramenta poderosa para a economia na área da saúde. “As informações que são armazenadas nesse banco de dados tem sido devolvidas aos hospitais para poder facilitar a tomada de decisão, escolha por medicamento, preço e negociar com seus fornecedores”, explica.

Em sua palestra, Denis Neves explicou o conceito dos três V’s da big data (volume, velocidade e veracidade). “O volume de informações que a gente lida utilizando essas ferramentas de big data é muito grande. Os 8 bilhões de reais investidos por ano da Bionexo é armazenado em um banco de dados que tem uma série de informações que podem ser utilizadas pelos hospitais. O outro V , de variedade, mostra que você tem fontes distintas de dado. A gente mostrou que um hospital pode utilizar o banco de dados Bionexo para ver se o preço que eu pago pelos produtos tem sido mesmo o melhor que ele pode fazer pelo hospital ou se existe possibilidade de redução. O V de variedade mostra que podemos trazer informações de outras fontes. O outro V, de veracidade, mostra que aqueles dados estão seguros, fidedignos”, explica.

VEJA TAMBÉM