Gestão e Qualidade | 19 de fevereiro de 2020

Primeiro hospital gaúcho a ter acreditação nível 3 da ONA, Tacchini reconquista certificado de excelência

Instituição vive nova fase de investimentos e crescimento
Tacchini, em Bento Gonçalves

Hospital Tacchini, localizado em Bento Gonçalves, reconquistou o nível 3 da acreditação hospitalar da Organização Nacional de Acreditação (ONA), retomando com mérito o status de ter sido o primeiro hospital do Rio Grande do Sul a receber a certificação máxima (Excelência), ainda em 2009.


“ No Tacchini, a acreditação da ONA chegou para nós ainda em 2004, quando passamos pelos primeiros processos de auditoria (níveis 1 e 2). De lá para cá, nossa instituição obteve sempre níveis superiores, mas em 2015, diante da crise econômica que afetou diversas instituições de saúde, achamos por bem não buscar a recertificação, embora os serviços e o cuidado ao paciente tenham todos sido mantidos. A obtenção da Acreditação com Excelência é um resgate, um reconhecimento a tudo o que realizamos em prol dos clientes e pacientes”, ressalta o superintendente Hilton Mancio.


O nível 3 da metodologia – Acreditação Hospitalar com Excelência -, é recomendada às instituições de saúde que apresentam claramente evolução na sua gestão e ciclos de melhoria contínuos, no qual suas lideranças analisam seus resultados para tomada de decisão.

Hilton Mancio

Hilton Mancio

xxx

Conforme a ONA, a organização precisa atender a três critérios: 1) cumprir ou superar, em 90% ou mais, os padrões de qualidade e segurança; 2) cumprir ou superar, em 80% ou mais, os padrões de gestão integrada; 3) cumprir ou superar, em 70% ou mais, os padrões ONA de Excelência em Gestão, demonstrando uma cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade institucional.


“É um nível de maturidade institucional que não nos permite retrocessos. Afinal, mostra que estamos de acordo com padrões que visam o aperfeiçoamento da segurança aos pacientes, clientes e demais pessoas da comunidade que diariamente procuram os diversos serviços que oferecemos e, no caso dos nossos colaboradores, as plenas condições de trabalho, tanto nas áreas assistenciais, administrativas e de apoio, como manutenção, lavanderia, higienização e copas”, explica Mancio.


O superintendente do Tacchini lembra que reconquistar o nível de Acreditação com Excelência foi possível devido ao protagonismo das equipes. “Todos trabalham de forma integrada tendo a segurança do paciente como foco, sem se descuidar dos demais colegas e até mesmo do seu ambiente de trabalho”, conclui o executivo.

No Rio Grande do Sul somente seis hospitais são certificados com o nível máximo.

Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital Tacchini, a instituição possui duas conquistas padrão OURO: O nível máximo de certificação na metodologia da acreditação nacional (ONA) e a Declaração de Conformidade da ISO 31.000 (orientações em relação à Gestão de Riscos), confirmada na última manutenção, em agosto de 2019. A certificadora responsável pela certificação ONA foi o IAHCS Acreditação. Já a declaração ISO 31.000 foi emitida pela DNV-GL.

Investimentos e ampliação da estrutura

O Hospital Tacchini vive uma nova fase de investimentos. O hospital, que completou 95 anos em 2019, está conseguindo driblar percalços, colher bons frutos no presente e projetar perspectivas animadoras de crescimento. A expectativa é dobrar de tamanho nos próximos anos. “O Tacchini projeta crescer o dobro do tamanho atual dentro de quatro anos”, revelou o superintendente Hilton Mancioentrevistado pelo portal Setor Saúde em matéria publicada em dezembro.

Em janeiro deste ano, o Tacchini entregou primeira etapa das obras de ampliação da UTI Adulto. O projeto é definido pela direção da instituição como um divisor de águas, marcando uma nova etapa da organização hospitalar.

VEJA TAMBÉM

covid-19

Série especial: as ações do Hospital Ernesto Dornelles frente à Covid-19

O Portal Setor Saúde apresenta, a partir do dia 7, como importantes instituições hospitalares estão se preparando para lidar com os casos de Covid-19: Grupo Hospitalar Conceição (GHC), Hospital Moinhos de Vento, Hospital Mãe de Deus/AESC, Hospital Ernesto Dornelles, Hospital Divina Providência, Hospital São Lucas da PUC-RS, Hospital de Caridade Dr Astrogildo de Azevedo (Santa Maria), Hospital Tacchini (Bento Gonçalves), Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul), Hospital Santa Lucia (Cruz Alta), Hospital São Vicente de

Série especial: Hospital Mãe de Deus expande número de leitos em 20% para atender pacientes com a Covid-19

O Portal Setor Saúde apresenta, a partir do dia 7, como importantes instituições hospitalares estão se preparando para lidar com os casos de Covid-19: Grupo Hospitalar Conceição (GHC), Hospital Moinhos de Vento, Hospital Mãe de Deus/AESC, Hospital Ernesto Dornelles, Hospital Divina Providência, Hospital São Lucas da PUC-RS, Hospital de Caridade Dr Astrogildo de Azevedo (Santa Maria), Hospital Tacchini (Bento Gonçalves), Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul), Hospital Santa Lucia (Cruz Alta), Hospital São Vicente de
Série Especial

As ações do Hospital Moinhos de Vento contra a Covid-19

O Portal Setor Saúde apresenta, a partir de hoje, 7, dia mundial da saúde, como importantes instituições estão se preparando para lidar com os casos: Grupo Hospitalar Conceição (GHC), Hospital Moinhos de Vento, Hospital Mãe de Deus/AESC, Hospital Ernesto Dornelles, Hospital Divina Providência, Hospital São Lucas da PUC-RS, Hospital de Caridade Dr Astrogildo de Azevedo (Santa Maria), Hospital Tacchini (Bento Gonçalves), Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul), Hospital Santa Lucia (Cruz Alta), Hospital São