Gestão e Qualidade | 12 de março de 2018

Modelo de gestão do Hospital Moinhos de Vento recebe destaque internacional

Implantação do sistema Lean aumentou a disponibilidade de leitos
Modelo de gestão do Hospital Moinhos de Vento recebe destaque internacional

Com a melhora nos processos focados no fluxo do paciente, o case do Hospital Moinhos de Vento foi destaque em uma das mais representativas organizações internacionais sobre o tema. Editado pela Lean Global Network, que promove boas práticas de inovação, competitividade e sustentabilidade, o portal Planet Lean detalhou o case da instituição com o sistema Lean.

Adotada desde 2012, a metodologia preconiza a redução das ineficiências e tem favorecido o aumento da disponibilidade de leitos para novos pacientes ao desenvolver e integrar diferentes áreas. Com a eliminação de gargalos e simplificação de processos, o tempo de reocupação do leito diminuiu 33% entre 2016 e 2017. Isso permitiu o acesso para cerca de 60 pacientes por mês – um total de 710 no ano. O aprimoramento no fluxo também ajuda a evitar as restrições de atendimento, ampliando a disponibilidade para a emergência.

“ Somos uma organização de 90 anos e tínhamos o desafio de mudar uma cultura que estava arraigada. Quando houve a percepção dos resultados e as oportunidades de aprendizado que o sistema possibilita, todos entenderam que a mudança era benéfica”, ressalta Frederico Tarrago, engenheiro de Inovação e Processos da instituição. 

Menos desperdícios e mais eficiência

Para o superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, o reconhecimento reflete o compromisso da instituição com inovação e gestão. “Nosso planejamento estratégico baseia-se em ensino, medicina de excelência e pesquisa, colocando sempre o paciente no centro de todas as nossas decisões. Investimos muito em qualidade, seja na área médica, nos processos assistenciais ou nas estruturas para elevar a instituição a um novo patamar”, aponta.

Inspirada em práticas da indústria automotiva, em especial da Toyota, o sistema utilizado pelo hospital consiste na redução contínua de desperdícios e resolução eficiente de problemas. Utilizada pelas empresas mais eficientes do mundo, a prática concentra-se no engajamento permanente da equipe de trabalho. Com uma rotina de reuniões em grupo, os colaboradores expressam suas necessidades e ouvem o que os outros têm a dizer. A prioridade é compartilhada por todos: garantir o fluxo dos pacientes. “É muito importante sermos reconhecidos pela boa gestão e eficiência em uma publicação que é referência no tema e nos coloca junto a empresas de diversos segmentos de vários países”, conclui Mohamed.

Em 2017, a Melina Schuch (Gerente de Estratégia Corporativa do Hospital Moinhos de Vento) e Frederico Tarrago falaram sobre o modelo Lean Healthcare. Ambos estiveram presente no Seminários de Gestão, evento da FEHOSUL, SINDIHOSPA e AHRGS. Assista:

VEJA TAMBÉM