Gestão e Qualidade, Tecnologia e Inovação | 1 de junho de 2021

Hospital Moinhos de Vento promove debate sobre a inovação em grandes empresas

Daniel Rondon, Rogerio Tamassia, Rodrigo Bornhausen e Mohamed Parrini debatem "Como inovar nas grandes empresas?"
Hospital Moinhos de Vento promove debate sobre a inovação em grandes empresas

A regra norteadora de qualquer negócio de sucesso é entender e atender as necessidades de seus clientes, deixando-os satisfeitos. Para impulsionar esse processo, as empresas vêm apostando alto em estratégias inovadoras que permitem o alcance a novos mercados, o aumento de receita mas, principalmente, a valoração de sua marca. O desafio é elaborar ações adaptadas ao mercado para gerar soluções, entregar valor ao consumidor final e reduzir custos. Porém, na prática, ainda são poucas as companhias que conseguem implementar e adaptar essa cultura rentável e necessária em suas atividades.

Na próxima edição da live Moinhos Talks, que terá como tema Como inovar nas grandes empresas?, os convidados são três executivos que lideram projetos inovadores estratégicos e que buscam incessantemente desenvolver soluções que ninguém, ou poucos, ofereceu antes. Daniel Rondon, presidente e CEO das Empresas Randon — companhia que atua nos setores de implementos para transporte, autopeças e serviços —, Rogerio Tamassia, co-fundador da Liga Ventures — plataforma que transforma inovação aberta em resultados reais, conectando startups a grandes empresas para gerar negócios — e Rodrigo Bornhausen, diretor executivo de inovação no Hospital Albert Einstein falarão sobre suas experiências e o futuro da inovação empresarial no Brasil.

O evento online e gratuito será na próxima terça-feira (08) e terá a mediação do superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini. A transmissão ao vivo pelo canal no Youtube começa às 19h. As inscrições podem ser feitas no site do hospital.

como inovar grandes empresas

 



VEJA TAMBÉM

Artigo: “O impacto do vazamento de gases medicinais na área da saúde”

Em artigo o gerente de Produtos da Fluke Brasil, Carlos Rubim, explica como o vazamento de gases comprimidos tornou-se um problema recorrente e com sérios riscos ao ambiente hospitalar, especialmente com a pandemia. O autor ressalta a importância de fomentar a discussão sobre este tema e elenca soluções viáveis para solucionar o problema nas organizações de saúde. Leia: O impacto do vazamento de
ciência

Universidade Yale realiza evento para discutir o papel do hormônio leptina na obesidade

O Yale-Proxima Mentorship Program Workshop Series, iniciativa que busca contribuir para o desenvolvimento de habilidades e disseminar o conhecimento  para jovens cientistas, promoverá em 22 de setembro a mesa-redonda Making a Discovery: The Journey to the Leptin Hormone. A iniciativa será conduzida pelo professor Jeffrey M. Friedman, MD, PhD, especializado no estudo dos mecanismos genéticos que regulam
Dasa & NVIDIA

Estudo valida uso de Inteligência Artificial para predição de complicações da Covid-19

Imagine a possibilidade de prever, com 24 horas de antecedência, se um paciente internado com Covid-19 vai ter uma piora em seu quadro clínico e precisará ser intubado. Ou, então, se este mesmo paciente irá apresentar melhora no dia seguinte e poderá receber alta. Parece impossível em meio a uma pandemia de um vírus que apresenta variantes perigosas e atinge os pacientes de maneiras distintas, não é