Empregabilidade e Aperfeiçoamento | 23 de novembro de 2017

Ergonomia em Ambientes Hospitalares é o último curso do ano da Fehosul/Fasaúde

Evento foi ministrado por Ergonomistas certificados pela Associação Brasileira de Ergonomia
turma curso extensao ergonomia

Ergonomia em Ambientes Hospitalares foi o tema do último evento do ano da programação de cursos de extensão da Faculdade de Tecnologia em Saúde (FASAÚDE), em parceria com a Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul (FEHOSUL). O evento foi ministrado pela Doutora em Engenharia de Produção e Ergonomista certificada pela Associação Brasileira de Ergonomia, Daniela Fischer, e pela Mestre em Engenharia de Produção, Especialista em Saúde do Trabalhador, Fisioterapeuta e também Ergonomista certificada, Lucimara Ballardin.

palestrantes curso extensao ergonomia

O objetivo do curso foi habilitar e qualificar profissionais que atuam ou desejam atuar nas áreas de Gestão, Administração, Assistenciais e Auditoria em Serviços de Saúde. De acordo com a palestrante, Daniela Fischer, o evento foi focado no conhecimento de diretrizes e conhecimentos clássicos da Ergonomia voltados à aplicação no ambiente hospitalar.

Durante o Curso de Extensão, Lucimara Ballardin definiu a Ergonomia como a área do conhecimento que tem como objetivo adequar o trabalho ao ser humano. “Em relação à saúde, o estudo agrega na hora de ajudar um paciente, profissional da lavanderia ou de nutrição, por exemplo, para que essas áreas tenham características mais compatíveis com as pessoas que trabalham nestes locais”, conta.

Para a Ergonomista, um hospital pode se beneficiar com o tema ao aperfeiçoar os seus sistemas, diminuindo o número de adoecimento dos trabalhadores, atendendo a legislação e evitando problemas legais futuros, como demandas do Ministério do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho e processos judiciais. “Como o ambiente de trabalho estará mais adequado, esses trabalhadores sentirão menos cansaço, menos fadiga e ao final do dia estarão mais satisfeitos por fazer suas atividades, além da questão do reconhecimento. Quando há um investimento para que o trabalho seja mais leve e menos cansativo, o trabalhador se sentirá mais satisfeito”, afirma.

A Doutora em Engenharia, Daniela Fischer, acredita que o curso servirá como uma experiência para os alunos levarem ao mercado de trabalho. “O que estamos trabalhando aqui é uma Ergonomia mais ampla, focada na participação dos trabalhadores e na interdisciplinaridade dos profissionais do hospital no processo de adequação das necessidades de Ergonomia. Os alunos também obtiveram uma noção de diferentes ferramentas utilizadas”, explica.

A profissional da Comissão de Ergonomia do Hospital Santa Cruz, Ana Carolina Franceschette, escolheu o curso na FASAÚDE pela sua reputação na área. “A expectativa é que eu receba várias informações, não só na área de movimentação do paciente, mas também sobre organização de trabalho”, disse ao início da atividade.

O Fisioterapeuta e Especialista em Ergonomia do Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo, Giovani Robson Venâncio, afirma que o curso irá agregar conhecimentos e dar a possibilidade de trocar informações com profissionais da área. “Acredito que o curso irá nos beneficiar em função das trocas que fazemos com os profissionais que estão envolvidos na área. Com experiências práticas de outras pessoas, podemos receber dicas e orientações das palestrantes que irão agregar ao nosso conhecimento prático”, conclui.

O evento contou com participantes do Hospital Ernesto Dornelles, Hospital Santa Cruz, Secretaria da Saúde do RS, Hospital São Lucas da PUCRS, Hospital Pompéia, Hospital Giovanni Battista, Hospital Restinga, Hospital Saúde LTDA, AJURIS, Hospital São Vicente de Paulo, Hospital Mãe de Deus, Hospital Nossa Senhora da Conceição, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Tacchini.

VEJA TAMBÉM

Ressonância magnética para avaliação do fígado é tema de Simpósio de Radiologia do Hospital Moinhos de Vento

Neste sábado (19), o Hospital Moinhos de Vento realizará seu primeiro Simpósio de Radiologia, para tratar de técnicas avançadas de Ressonância Magnética (RM) na avaliação do fígado. Um dos objetivos do encontro é difundir a aplicação do procedimento para a detecção precoce e a quantificação de doenças hepáticas, além de avaliar, através da Elastografia, a intensidade do

Casos de colesterol alto podem ter origem familiar

Eventualmente provocado por maus hábitos alimentares, o colesterol alto também pode ter influência no histórico familiar, conhecida como dislipidemia poligênica. No entanto, a cada 300 indivíduos no mundo, um possui a doença em virtude da herança genética direta. Isso ocorre quando o pai carrega consigo um dentre seis genes específicos conhecidos, diretamente ligados ao metabolismo celular do colesterol. O fato faz com que o filho possua 50% de chances
PORTO ALEGRE

Sistema de Saúde Mãe de Deus seleciona profissionais para Hospital Santa Ana

A primeira fase de contratação de profissionais para o Hospital Santa Ana (que será administrado pelo Sistema de Saúde Mãe de Deus), em Porto Alegre, já está aberta. A Associação Educadora São Carlos (AESC), entidade mantenedora da Instituição, oferece 39 vagas para atuação nos serviços de Saúde Mental, que entrarão em funcionamento no começo do