Gestão e Qualidade | 27 de setembro de 2017

Santa Casa anuncia novo prédio e reforma de áreas do SUS

Com investimento de R$ 80 milhões, novo prédio será construído em 2018
Santa Casa anuncia novo prédio e reforma de áreas do SUS

Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre anunciou na segunda-feira, 25 de setembro, a construção de um novo prédio vinculado  ao Hospital Santa Clara e a reforma de todas as unidades que atendem o Sistema Único de Saúde (SUS). O novo anexo, com 27,9 mil metros quadrados, custará R$ 80 milhões. A obra começará no segundo semestre de 2018, com conclusão em 36 meses.

A emergência do SUS passará dos atuais 12 leitos de observação para 30 disponíveis. Haverá 140 novos leitos de internação, sendo 35 de internação obstétrica.  Serão adquiridas 72 máquinas de diálise e uma nova área ambulatorial será criada, bem como novos espaços de apoio, envolvendo uma central de esterilização, um almoxarifado, uma farmácia, um setor de nutrição e outro de recebimento de materiais e medicamentos.

A direção da Santa Casa pretende que os recursos previstos para o novo prédio, de 80 milhões de reais, provenham  de investidores, financiamentos e doações. O hospital ainda precisará investir mais 45 milhões de reais para equipar o local.

O recurso de 150 milhões de reais de emendas parlamentares, obtidas pela Santa Casa de Misericórdia em 2016, não poderá ser utilizado na construção do novo prédio. De acordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, o dinheiro das emendas parlamentares  deve ser destinado somente às reformas, não em novas obras.

Os 150 milhões de reais, contudo, já estão sendo investidos em reformas nos sete hospitais do complexo (Hospital Santa Clara, Hospital São Francisco, Hospital São José, Hospital Pavilhão Pereira Filho, Hospital Santa Rita, Hospital da Criança Santo Antônio e Hospital Dom Vicente Scherer).

O complexo hospitalar já havia obtido emendas parlamentares, porém nunca na ordem dos 150 milhões de reais obtidos no ano passado.  Em 2009, R$ 5 milhões foram destinados à aquisição de tecnologias para os blocos cirúrgicos, as UTIs adulto e pediátrica, e o Centro de Diagnóstico por Imagem. Outros R$ 10 milhões liberados em 2009 estão sendo usados na reforma e na modernização do Hospital Santa Clara. O projeto está em execução, com 42% da primeira etapa finalizada, faltando ainda a segunda fase. Em 2011, mais R$ 16 milhões foram destinados à melhoria em blocos cirúrgicos, UTIs adulto e pediátrica, Centro de Diagnóstico de Imagens e unidades de internação.

VEJA TAMBÉM

Laboratório Mont’Serrat é o primeiro da região Sul a oferecer teste que mede nível de imunidade contra o SARS-CoV-2

A confirmação de reinfecções pelo SARS-CoV-2 e uma mutação deste vírus já identificada no país vêm deixando a população alerta neste início de ano. Diante do grande número de pessoas que já contraíram o coronavírus (Covid-19), a possibilidade de confirmar o nível de imunidade contra a doença pode trazer um pouco mais de tranquilidade. Esse
qualidade e segurança do paciente

Hospitalar ATS conquista acreditação de nível máximo pela ONA 

A Hospitalar ATS, de Porto Alegre (RS), conquistou a acreditação de nível 3 (Excelência) da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Fundada em 1997, a empresa atua oferecendo soluções para as necessidades dos pacientes fora do ambiente hospitalar, como serviços de home care. Entre os produtos oferecidos estão a Assistência Domiciliar Supervisionada, Internação Domiciliar, Procedimento Pontual
sequelas Covid

Hospital Mãe de Deus inaugura Serviço de Recuperação Pós-Covid

Após dez meses de pandemia, com mais de quatro mil pacientes atendidos e diagnosticados com Covid-19, tanto da capital quanto do interior do Estado, o Hospital Mãe de Deus está recebendo uma procura muito grande de pessoas que precisam de orientações para a continuação do tratamento após a doença. Para atender esta demanda, desde o dia 11 de janeiro começou a funcionar o Serviço de Recuperação Pós-Covid.