Gestão e Qualidade | 21 de fevereiro de 2019

Maternidade do Hospital Mãe de Deus é reinaugurada

Instalações contam com mais conforto e acolhimento
Maternidade do Hospital Mãe De Deus é reinaugurada

Nesta semana a Maternidade do Hospital Mãe de Deus foi reinaugurada, concluindo importante projeto de readequação arquitetônica e operacional. Conforme a instituição, as reformas foram realizadas dentro de um prazo de 30 dias, período em que as atividades foram deslocadas e os serviços se mantiveram com a qualidade esperada.

A reforma atingiu uma área de 730 m² da maternidade, que conta com 24 leitos dedicados exclusivamente ao atendimento de gestantes e seus bebês, com acesso controlado e monitorado por câmeras nas 24 horas do dia.

Conforto

O Mãe de Deus destaca que “as instalações agora contam com mais conforto e acolhimento, com cores suaves, grandes painéis remetendo ao tema do nascimento, novos mobiliários, e o que é mais importante, uma equipe assistencial formada por profissionais altamente especializados, unidade de terapia neonatal com 20 leitos e atendimento ininterrupto de dos profissionais obstetras, aptos a recepcionar a gestante em sua consulta e conduzir o parto, caso opção da paciente ou de seu médico obstetra de consultório”.

Maternidade_Mae_de_Deus

Segundo a Dra. Maria Lúcia R. Oppermann, coordenadora da Maternidade do Hospital Mãe de Deus, e especialista em gestação de Alto Risco, a estrutura e o acolhimento oferecido pela nova maternidade trazem a combinação exata do que a paciente e seu médico almejam: segurança, qualidade, somados ao atendimento ágil e humanizado, com toda retaguarda de serviços que o hospital tem a oferecer caso necessário. O Hospital está entre as maternidades de referências do Projeto Parto Adequado – da Agência Nacional de Saúde e do Institute for Healthcare Improvement.

Além das melhorias na infraestrutura, a Maternidade do Hospital aperfeiçoou processos, com o objetivo de potencializar o acolhimento às famílias e aos obstetras neste momento importante da vida de todos os envolvidos, seguindo as diretrizes das Irmãs Scalabrinianas, que integram a Congregação que mantém a Associação Educadora São Carlos – AESC, mantenedora do Hospital Mãe de Deus.

Maternidade_Mae_de_Deus1

 

 

 

VEJA TAMBÉM

INOVAÇÃO

Pesquisadores do Hospital de Clínicas e UFRGS obtêm patente de próteses de ouvido

Os pesquisadores do Serviço de Otorrinolaringologia, da Engenharia Biomédica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e da empresa Promm desenvolveram dois modelos de minipróteses à base de titânio, que permitem a reconstrução parcial ou total das estruturas responsáveis pela transmissão sonora na orelha média (ossículos da

Santa Casa é pioneira no RS em utilizar suporte respiratório extracorpóreo em crianças com sucesso

Durante 10 dias, uma criança de apenas três anos foi submetida ao uso de oxigenação por membrana extracorpórea no Hospital da Criança Santo Antônio da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Graças ao ECMO (Extracorporeal Membrane Oxygenation), o pequeno Davi sobreviveu após uma cirurgia cardíaca complexa e delicada, realizada em janeiro, que resultou na perda da função do seu

Hospital Moinhos apresenta resultados dos Projetos UTI Visitas e Qualidade de Vida Pós-UTI

O Hospital Moinhos de Vento apresentou na sexta-feira (22), em evento realizado em Brasília, os resultados obtidos em dois estudos coordenados pela instituição: UTI Visitas, e Qualidade de Vida Pós-UTI. Ambos integram o projeto de apoio Estratégias para Segurança e Qualificação do Cuidado do Paciente Crítico – Visita Ampliada e Continuidade do Cuidado Pós-Alta Hospitalar, desenvolvido em parceria