Gestão e Qualidade | 20 de maio de 2016

Inaugurada nova sede da ONA em São Paulo

Conselhereiros realizam reunião e avaliam indicadores
Ona_Sede

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) aproveitou a reunião do Conselho de Administração, realizada no dia 18, para apresentar a sua nova sede aos conselheiros da entidade. A estrutura, mais moderna e localizada junto ao coração “econômico” do Brasil, se encontra no Bairro Consolação, na rua Bela Cintra 986, a poucos metros da Avenida Paulista. O local conta com salas adaptadas às necessidades da instituição.

Os conselheiros avaliaram indicadores gerenciais e discutiram pautas relacionadas ao desempenho da ONA e acompanhamento das suas estratégias.

Ao longo dos 17 anos de atuação, foram concedidas um total de 1.576 certificações de qualidade, em maior número a hospitais (53,3%), ambulatórios (14,3%), laboratórios (13%) e clínicas de hemoterapia (6,3%). Demais tipos de prestadores completam a lista, como nefrologia e clínicas de imagem.

O Estado de São Paulo é o que apresenta um maior número de organizações acreditadas pela ONA, seguido por Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia e Rio Grande do Sul, que aparece em sexto. São Paulo concentra 48,4% das certificações. Os únicos estados sem certificações concedidas são Acre, Tocantins e Roraima.

A ONA vem conquistando aumento consistente de faturamento a cada ano, chegando a 3,59 milhões de reais em 2015, com um incremento de 953,2 mil reais em relação a 2014.

Os hospitais privados são os maiores demandantes das certificações ONA, quase 70%. Hospitais que atendem SUS correspondem aos 30% restantes.

A ONA domina o mercado nacional de certificações, com 93% de market share, muito acima dos modelos internacionais.

Na parte final da atividade os conselheiros apreciaram as oportunidades que se abrem com a política de indução às certificações promovida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Segundo o conselheiro Cláudio Allgayer, que representa a Confederação Nacional de Saúde (CNS), desde a fundação da entidade, “a ONA finaliza, com a inauguração de sua nova sede, um período de intensa reestruturação interna e de prestação de serviços ao trade saúde, que deve culminar, ainda no presente ano, com o reconhecimento internacional da ISQua – The International Society for Quality in Health Care, a ‘certificadora das certificadoras’ nacionais, estando apta a ser efetivamente reconhecida como player de relevância no mercado da saúde”, finalizou Allgayer que é o atual vice-presidente da ONA.

Maria Carolina Moreno, superintendente da ONA

 

Foto045_resize

Conselheiros da ONA.

 

Foto054_resize

Foi servido um brunch aos conselheiros

VEJA TAMBÉM