Empregabilidade e Aperfeiçoamento | 26 de outubro de 2021

Hospital Moinhos de Vento realiza live Coração bem cuidado – o uso do SMS

Evento gratuito e aberto ao público ocorre no dia 28 de outubro, com transmissão pelo Facebook e Youtube da instituição
Hospital Moinhos de Vento realiza live Coração bem cuidado – o uso do SMS

A insuficiência cardíaca atinge cerca de três milhões de brasileiros e é a terceira causa de internação de pessoas com mais de 60 anos. De acordo com os dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia, está presente em até 10% dos indivíduos com idade superior a 65 anos. Com o objetivo de promover a conscientização sobre a doença e a efetividade do autocuidado em pacientes, o Hospital Moinhos de Vento promove a edição da live de outubro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS) com o tema Coração bem cuidado – o uso do SMS.

O cardiologista Luís Eduardo Rohde e a pesquisadora Mariana Blacher, ambos do Hospital Moinhos, e o cardiologista do Hcor, Felix Ramires, irão debater com os convidados, a médica do Instituto de Cardiologia de Porto Alegre, Marciane Rover, e o enfermeiro do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Omar Pereira Neto, temas referentes ao projeto que dá nome à live.

O evento online e gratuito acontece nesta quarta-feira (28), a partir das 12h, com transmissão ao vivo pelo Facebook e no canal do Hospital Moinhos de Vento no Youtube. As inscrições devem ser feitas no site da instituição.

Coração Bem Cuidado

O projeto

O projeto Coração Bem Cuidado — desenvolvido pelos Hospitais Moinhos de Vento e Hcor, em parceria com o Ministério da Saúde — monitora pacientes com insuficiência cardíaca após a alta hospitalar. Eles são convidados a participar da iniciativa com base em critérios observados durante a internação. Após uma formalização, os voluntários passam a receber mensagens no celular e ligações telefônicas orientando sobre o tratamento enquanto se recuperam em casa. O objetivo é atuar na chamada fase vulnerável da doença, que é o primeiro mês depois da hospitalização. Aplicado em todas as regiões brasileiras, o projeto já atinge 500 pacientes e a ideia é chegar a 700.

A doença

A insuficiência cardíaca (IC) é uma condição em que o coração não consegue bombear a quantidade de sangue que o corpo necessita para suprir suas necessidades. As internações por IC em hospitais públicos brasileiros representam aproximadamente 2% de todas as admissões.

 



VEJA TAMBÉM

Hospitais Tacchini e Sírio-Libanês iniciam parceria em residências médica e multiprofissional

Os hospitais Tacchini, de Bento Gonçalves (RS), e Sírio-Libanês, de São Paulo (SP), iniciam em novembro a parceria na formação dos 40 preceptores que vão comandar as residência médica e multiprofissional da instituição gaúcha. O primeiro dos cinco encontros programados será presencial e ocorrerá entre os dias 25 e 27 de novembro, no Campus Universitário da
cuidado integral

Atletas virtuais do bem: Dasa lança campanha gamificada no Novembro Azul

A gamificação vem se popularizando nas empresas. O setor de Recursos Humanos registrou, em 2020, a maior taxa de crescimento no mercado de gamificação, com aumento de 27,8% (Prescient & Strategic Intelligence, 2020). A Dasa vem utilizando essa estratégia para incentivar, de forma divertida e dinâmica, seus colaboradores quanto ao autocuidado e o cuidado com o próximo. Como parte do programa Dasa Cuida, o Desafio +30 foi lançado para conscientizar os colaboradores sobre a prevenção ao câncer de próstata. Na ação, que
Gestão de pessoas

ABRH-RS entrega prêmios Top Ser Humano 2021 ao CCG Saúde

O CCG Saúde  recebeu dois prêmios da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS) na edição do Top 2020-2021, em cerimônia realizada na noite de quarta-feira (24). Os troféus foram conquistados na categoria Top Ser Humano, com os cases “Somos Pessoas de Valor: inovação e humanização como trajetória de transformação” e “Cuidando de quem cuida: nossa trajetória de