Gestão e Qualidade | 30 de novembro de 2015

Hospital Moinhos de Vento entre os melhores da América Latina

Revista América Economía Intelligence lista as melhores instituições de saúde, seis são brasileiras
Hospital Moinhos de Vento entre os melhores da América Latina

O Hospital Moinhos de Vento (HMV) está entre os 43 Melhores Hospitais e Clínicas da América Latina 2015, conforme o ranking realizado pela Revista América Economía Intelligence. A Instituição é o quarto hospital brasileiro melhor ranqueado e único da Região Sul presente na lista das melhores instituições de saúde.

Para chegar aos resultados, a pesquisa levou em consideração os critérios: Segurança e Dignidade do Paciente, Capital Humano, Capacidade, Gestão do Conhecimento, Eficiência Médica e Prestígio. A participação foi aberta a todos os hospitais gerais e clínicas de alta complexidade da América Latina, reconhecidos pela Organização Panamericana de Saúde, a Opas.

Segundo a avaliação do ranking deste ano, as instituições hospitalares avaliadas têm um corpo clínico altamente qualificado, e este pode ser o ponto chave da força e capacidade desses hospitais.

Os hospitais Albert Einsten, em 1º na lista, Samaritano (recentemente adquirido pela Amil) em 6º e o Alemão Oswaldo Cruz, em 14º (todos de São Paulo), são os estabelecimentos brasileiros que aparecem na lista dos 20 melhores, juntamente com o HMV (Porto Alegre) e o São Vicente de Paulo (Rio de Janeiro), em 20º. O hospital gaúcho avançou uma posição em relação ao ano anterior (2014), passando da 17º para a 16ª posição em 2015. Os hospitais Edmundo Vasconcelos (São Paulo) em 23º e o Infantil Sabará em 29º (São Paulo), completam a lista de brasileiros na lista das 43 melhores instituições de saúde.

Veja a lista completa aqui

VEJA TAMBÉM

Conheça 6 protocolos do Hospital São Lucas da PUC-RS para garantir atendimento seguro aos seus pacientes

O Portal Setor Saúde, em parceria com a Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do RS (FEHOSUL), lançou uma série especial de entrevistas com gestores das instituições de saúde, onde são destacadas as novas rotinas adotadas pelos hospitais durante a pandemia da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). São abordadas também algumas consequências danosas associadas à pandemia, entre as
mercado

Fundos de investimento XP e IG4 Capital anunciam aquisições no setor hospitalar

Dois fundos, a XP Investimentos (XPI) e o IG4 Capital, anunciaram nos últimos dias investimentos pesados no setor hospitalar. Juntas, as aquisições feitas pelos fundos ultrapassam os R$ 400 milhões de reais. Os hospitais envolvidos foram o Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro, em Belo Horizonte (MG), o Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz, em Manaus (AM) e o Centro Brasileiro de Visão (CBV Hospital

Como o Hospital Tacchini vem atuando para garantir atendimento seguro a pacientes Covid e não Covid

A pandemia da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) fez com que diversas rotinas fossem alteradas em todo o mundo. Na área da saúde, uma das consequências notadas  foi a suspensão dos procedimentos eletivos – cirurgias, exames diagnósticos e consultas – com impactos relevantes para a sustentabilidade dos hospitais, mas também, para a saúde os pacientes. Segundo