Gestão e Qualidade, Tecnologia e Inovação | 13 de agosto de 2019

Hospital Moinhos de Vento debate estratégias de valor para o futuro da saúde

Evento reuniu público de 300 pessoas no Hotel Sheraton
Hospital Moinhos de Vento debate estratégias de valor para o futuro da saúde

Com foco no aumento da expectativa de vida, na busca mundial por mais qualidade em saúde e no uso de dados para a solução de problemas, o Hospital Moinhos de Vento realizou, nesta segunda-feira (12), o evento O Futuro da Saúde – Estratégias que geram valor nas organizações. Promovido em parceria com a Harvard Business Review, a programação reuniu autoridades e especialistas nas áreas médicas e tecnológicas, no Hotel Sheraton, em Porto Alegre.

A abertura foi realizada pelo Superintendente Executivo do Moinhos de Vento, Mohamed Parrinique respondeu à pergunta “Por que a saúde importa?”, considerando os pontos de vista do paciente, dos médicos, do governo e dos investidores. De acordo com o CEO, apesar de as perspectivas serem distintas, as oportunidade e soluções para os desafios do futuro se darão a partir da busca por novos modelos que tenham como foco as expectativas dos pacientes e dos profissionais da saúde.

Mohamed Parrini

Mohamed Parrini

xx


“ Em cada negócio e desafio, o que mais importa é o ser humano. Da mesma forma que a vontade de viver com saúde cresceu na população, os gastos públicos com a área também aumentaram. Assim, é preciso aproximar a tecnologia para auxiliar governos e empresas, criando redes de sustentabilidade e interação”, destacou Parrini.


Saúde colaborativa e integrada

Professor de Cuidados Integrados e Tecnologia da Universidade Erasmus, na Holanda, Nick Guldemond apresentou o tema “Tecnologias e cuidados da transformação”. Com exemplos do país europeu, o também gestor da instituição frisou que a Medicina está acostumada a focar no modelo de cuidado hospitalar. Porém, segundo o especialista, mais importante é investir em prevenção, em assistência social e cuidado comunitário.

Nick Guldemond

Nick Guldemond

xxx


“Na Holanda, o fortalecimento da aproximação e da abordagem junto às comunidades incluem muito mais os aspectos da prevenção e da assistência básica. É um erro da rede de atendimento cada envolvido ter o seu papel e atuar de forma independente. Todos devem pensar a saúde de forma colaborativa e integrada, podendo antecipar as necessidades das pessoas”, completou Guldemond.


Os superintendentes de Operações e Governo, Tanira Torelly, e Médico, Luiz Antônio Nasi, abordaram as novas tendências e tecnologias no cuidado da saúde. De acordo com eles, o Hospital Moinhos de Vento trabalha na gestão da saúde estratégica.


“É um modelo sistêmico, que transforma o modelo de condução e busca reduzir a medicação e a necessidade de consultas e atendimentos”, explicou Tanira. De acordo com Nasi, a Medicina preditiva é uma tendência futura, mas cada dia mais próxima. “Estamos sofisticando o sistema de informações e, logo, teremos todas as suas pontas em um banco de dados, tornando a Medicina mais colaborativa e computacional”, finalizou.


Tanira Torelly, Luiz Nasi e Corteza e Vander Corteze

Tanira Torelly, Luiz Nasi e Vander Corteze

xxx

Tecnologia voltada à saúde 

Durante a programação, especialistas em dados e tecnologia debateram o uso das funcionalidades a serviço do bem-estar humano. Fábio Ferraretto, diretor de Operações do setor de Ciência de Dados e Rene Parente, líder da área de Saúde da Accenture Technology Vision, trouxeram o tema da Era pós-digital. Henry Sznejder, diretor de Analytics e Inteligência Artificial da AMIL, chamou atenção para o uso inteligente de dados, focando na qualidade e eficiência na prestação de serviços. Por fim, Vander Corteze, CEO da Beep Saúde & Grupo BR MED, discutiu o empreendedorismo voltado para a saúde.

Henry Sznejder diretor de Analytics e Inteligência Artificial da AMIL

Henry Sznejder diretor de Analytics e Inteligência Artificial da AMIL

 

Com informações Hospital Moinhos de Vento. Edição SS. Fotos: Leonardo Lenskij

 

VEJA TAMBÉM

ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA

Inaugurado novo angiógrafo do Hospital Conceição

a Foi inaugurado na quarta-feira, 11 de setembro, o novo angiógrafo do Serviço de Hemodinâmica do Hospital Conceição. O equipamento, totalmente digital e de alta resolução é destinado a procedimentos diagnósticos e terapêuticos invasivos nas especialidades de cardiologia, radiologia intervencionista, neurologia, cirurgia vascular e gastroenterologia. Com recursos de R$ 2,6 milhões do Plano de Investimentos (PI)
ACREDITAÇÃO

Oncoclínica Porto Alegre recebe certificação internacional da Joint Commission (JCI) 

A Oncoclínica Porto Alegre foi certificada pela Joint Commission International (JCI) em reconhecimento ao compromisso contínuo da instituição com padrões internacionais de referência em segurança e qualidade. Segundo a instituição de saúde, esta é a primeira clínica do Rio Grande do Sul a receber esta certificação no Programa de Assistência Ambulatorial. O selo da JCI reconhece que a
Mudanças no mercado

UnitedHealth reestrutura operações no Brasil e substitui presidente da AMIL

aa De acordo com informações do grupo norte-americano UnitedHealth Group (UHG), dona da Amil, o médico pediatra José Carlos Magalhães assume como CEO da companhia em substituição a Claudio Lottenberg, que estava no cargo desde 2016.   Magalhães também acumulará o cargo de CEO do Americas Serviços Médicos, braço hospitalar do grupo,  de acordo com nota oficial divulgada