Gestão e Qualidade | 8 de fevereiro de 2022

Hapvida e Notre Dame Intermédica divulgam sinergias da fusão

A combinação espera capturar sinergias operacionais estimadas em R$ 1,38 bilhão de Ebitda adicional
Hapvida e Notre Dame Intermédica divulgam possíveis sinergias da fusão

A Hapvida e o Grupo Notre Dame Intermédica(GNDI) comunicaram que após a realização de análises e estudos iniciais para a integração das atividades das empresas, foram identificadas, em caráter preliminar, determinadas sinergias na combinação das operações que poderão resultar em uma futura redução de custos, otimização de despesas e aumento de receitas. As informações foram apresentadas em live realizada nesta segunda-feira (7).

O Conselho de Administração da empresa combinada será composto por cinco membros nomeados pela Hapvida, dois membros nomeados pelo GNDI e dois membros independentes. O comando da empresa será compartilhado por Irlau Machado (CEO GNDI) e Jorge Pinheiro (CEO Hapvida).

Juntas, as empresas possuem 8,6 milhões de beneficiários (planos de saúde). Enquanto a Hapvida tem sua atuação em estados do norte e nordeste, a GNDI marca presença em estados do sul e sudeste.

gndi hapvida perfil

A Hapvida e a GNDI apostam na Grande Vantagem de Escala Geográfica Oferecendo uma Solução Nacional. As operações verticalizadas das empresas estão presentes em 19 das 27 capitais brasileiras. Cerca 40% das vendas potenciais em planos corporativos são atualmente recusadas devido à falta de solução de cobertura nacional,  o que representa cerca de 1 milhão de vidas que podem ser capturadas nos próximos três anos além do crescimento orgânico existente. Se capturado, isso representaria um aumento de 2,1% na participação de mercado atual da Companhia Combinada. A venda de produtos nacionais poderia trazer um Ebitda recorrente de R$ 800 mi em 3 anos.

Projeções de ganhos de sinergia com a combinação de negócios

HAPVIDA GNDI

Segundo as operadoras verticalizadas, a combinação espera capturar gradualmente no período de 2022 a 2024 sinergias operacionais estimadas em R$ 1,38 bilhão de Ebitda adicional, em bases recorrentes a partir de 2025,  com:

– Aumento de receitas provenientes de cross-sell dos planos corporativos já existentes nas Companhias, criação de um produto único na forma de um plano nacional com utilização de rede verticalizada e aproveitamento da capacidade ociosa da rede assistencial própria para prestação de serviços para terceiros e convênios;


– Redução de custos médico-hospitalares provenientes das áreas de suprimentos através da centralização da cadeia de suprimentos, otimização e renegociação dos contratos existentes, compartilhamento da rede assistencial própria, investimentos para incremento de verticalização e gestão hospitalar mais eficiente com a integração e padronização de sistemas;


– Padronização das práticas de distribuição entre as Companhias e fidelização com corretores; e


– Redução de despesas gerais e administrativas com a otimização das despesas com localização e funcionamento e contratos diversos com terceiros.

Custos para a implementação das iniciativas

Segundo Fato Relevante, o valor estimado das sinergias operacionais não compreende os custos para a implementação das iniciativas atreladas a essas sinergias, os quais são estimados em aproximadamente R$ 100 a R$ 150 milhões até 2024. As sinergias tributárias não estão incluídas nas estimativas do  material. As empresas  estimam que a sinergia se estenda de 5 a 7 anos a partir da incorporação societária da GNDI pelo Hapvida.

“As sinergias esperadas baseiam-se no histórico de integrações passadas das Companhias, nos orçamentos das Companhias para o ano corrente, bem como no plano estratégico da Companhia Combinada. Vale ressaltar que tais estimativas não consideram o potencial aumento de vendas advindo do melhor atendimento ao cliente e da democratização ao acesso à saúde de qualidade no Brasil, objetivo central dessa combinação de negócios”, diz trecho do documento.

Cronograma estimado para a captura das sinergias

gndi hapvida

Período projetado e prazo de validade da projeção de sinergias

 Com relação às sinergias operacionais, o período projetado compreende os exercícios sociais de 2022, 2023 e 2024, sendo que a Companhia Combinada espera atingir aproximadamente 40% dessas sinergias operacionais até 31 de dezembro de 2022, 70% até 31 de dezembro de 2023 e 100% até 31 de dezembro de 2024.

As referidas projeções, cujas capturas ocorrerão de forma gradual, tem validade até o fim dos períodos supramencionados, destacando-se que eventuais mudanças nessa estimativa em virtude do avanço no processo de integração entre as Companhias e premissas serão divulgadas ao mercado nos termos da legislação aplicável.

Premissas e métricas para cálculo das projeções

 A captura de sinergias esperada parte da premissa de que a Companhia Combinada conseguirá implementar com êxito as seguintes iniciativas, dentre outras:

Negociação com os potenciais clientes para vendas de planos nacionais e cross-selling dos clientes da base existente;


Incremento da ocupação hospitalar com mais beneficiários próprios e também através da venda de serviços médico-hospitalares para terceiros;


Renegociação das compras com os fornecedores nas categorias de medicamentos, materiais e OPMEs;


Renegociação e otimização dos contratos existentes com rede credenciada – em saúde e odonto;


Acreditação das estruturas de rede própria do Hapvida na prestação de serviços da GNDI e vice-versa;


Incremento na utilização das estruturas próprias de diagnóstico e análises clínicas;


Padronização das práticas de distribuição entre as Companhias e fidelização com corretores;


Equalização de parâmetros contratuais dos prestadores de serviços em geral; e


Ajustes na estrutura. 

Acesse o Fato Relevante e a Apresentação.

 

 

 



VEJA TAMBÉM