Gestão e Qualidade | 7 de janeiro de 2014

Fleury negocia venda de controle acionário

Fundos americanos Carlyle e KKR e brasileiros Pátria e Gávea, avaliam a rede de laboratórios
Fleury negocia venda de controle acionário

A venda do controle da rede de laboratórios Fleury tem avançado, com quatro candidatos passando para a segunda fase do processo, o chamado data room, quando são disponibilizadas informações detalhadas da companhia.

Participam desta etapa de negociação os fundos americanos Carlyle e KKR, além dos brasileiros Pátria e Gávea. Não há data definida para que os candidatos façam as ofertas finais. De acordo com executivos envolvidos na transação, as definições podem arrastar-se ao longo do ano.

A negociação está sob a coordenação do banco JP Morgan. Os americanos Carlyle e KKR, que estão à frente dos concorrentes brasileiros na negociação, possuem crédito, mas pretendem ser acionistas majoritários, e a porcentagem que o Fleury está disposto a vender (dos médicos fundadores) é de 41,2%. Uma possibilidade para a conclusão seria a seguradora Bradesco Saúde abrir mão da participação de 16,4% que possui no capital do laboratório.

A relação entre Bradesco e Fleury estaria enfraquecendo desde o ano passado, quando a seguradora demonstrou interesse em comprar os 8,4% do Fleury pertencentes à Rede D’Or, o que não se concretizou. Além disso, os papéis do Fleury acumularam perdas de 17,8% em 2013.

Pelo lado brasileiro, um potencial comprador é o Pátria, acionista relevante na Alliar, empresa de medicina diagnóstica especializada em exames de imagem. Já o Gávea é acionista do laboratório mineiro Hermes Pardini.

O valor de mercado do Fleury – que no Rio Grande do Sul mantém a rede de laboratórios Weinmann – era de R$ 2,9 bilhões em 30 de setembro do ano findo.

VEJA TAMBÉM

Verde, amarelo e vermelho: hospital rotula alimentos e aumenta venda de produtos saudáveis

Um recente estudo divulgado no JAMA Network Open (produzido pela Associação Médica Americana), realizado por pesquisadores do Massachusetts General Hospital (MGH), localizado em Boston (EUA), mostrou que inserir rótulos nos produtos alimentares em um refeitório hospitalar pode auxiliar na educação alimentar dos funcionários. Os resultados demonstraram a redução de “calorias compradas” pelos colaboradores e o aumento da venda
MERCADO

Centro Clínico Gaúcho contrata dois novos executivos

A operadora de planos de saúde Centro Clínico Gaúcho (CCG) anunciou a contratação de dois novos executivos. Mauro Medeiros Borges assume a diretoria executiva de operações, e Fábio Bernal Rossetto, a diretoria executiva financeira. Borges é médico e tem experiência em gestão no mercado hospitalar e de planos de saúde. Rossetto é economista com pós-graduação e experiência em gestão empresarial,
SEMINÁRIOS DE GESTÃO

Inovação, Novas Tecnologias e Gestão Disruptiva em Saúde com inscrições abertas

As inscrições para a terceira edição do Seminários de Gestão com o tema Inovação, Novas Tecnologias e Gestão Disruptiva em Saúde, já estão abertas. O evento ocorrerá no dia 2 de agosto, no Hotel Plaza São Rafael (Av. Alberto Bins, 514 – Centro Histórico, Porto Alegre). As inscrições podem ser realizadas através deste link (inscrições realizadas até o dia 24/07, possuem desconto). Para a inscrição