Gestão e Qualidade, Multimídia | 4 de julho de 2017

FEHOSUL lança oficialmente o projeto QUALIS-RS de incentivo à acreditação

Ação pretende elevar qualidade assistencial e a segurança do paciente no estado​
Qualis_003

Em evento realizado na sexta-feira, dia 30 de junho, a FEHOSUL (Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do RS) lançou oficialmente aos seus filiados, o movimento denominado QUALIS-RS. O projeto pretende qualificar a gestão e a prestação de serviços na área da saúde, fundamentado em pilares do Sistema Brasileiro de Acreditação ONA e de práticas relativas às ações de Segurança do Paciente, conforme preceitos da RDC 36 da ANVISA, bem como de padrões de qualidade e segurança adotados pelo Ministério da Saúde e de reconhecidos organismos internacionais. O portal Setor Saúde, da FEHOSUL, esteve no lançamento, que ocorreu na sede da FASAÚDE, em Porto Alegre.

Para um público de 30 dirigentes e lideranças, que representavam mais de 20 instituições e entidades de saúde – como hospitais, laboratórios e clínicas –, o diretor executivo da FEHOSUL, Dr. Flávio Borges, e o coordenador do projeto, Dr. Sérgio Ruffini – IAHCS, apresentaram o QUALIS-RS, seus objetivos e características. Com isso, a FEHOSUL pretende elevar os padrões de gestão e atender aos mais adequados requisitos de qualidade e segurança na prestação de serviços na área da saúde.

Após a apresentação do detalhamento dos elementos técnicos que constituem o projeto, diversas instituições já assinaram o Termo de Adesão para participar das atividades do QUALIS-RS, que devem iniciar ainda no mês de julho.

Ao Setor Saúde, o professor Dr. Sérgio Ruffini explicou como irá funcionar o projeto “pioneiro no Brasil”, seus diferenciais e as metas do QUALIS-RS. “Para julho de 2018 a grande expectativa é que tenhamos 100% das instituições [participantes do projeto] com a RDC 36, o Núcleo de Segurança do Paciente implantado”, afirmou Ruffini. Veja a entrevista a seguir:

O Dr. Flávio Borges ressaltou a importância desta ação da FEHOSUL para aprimorar a qualidade assistencial da saúde no Rio Grande do Sul. “O projeto visa qualificar as instituições através da melhoria dos seus processos e da implantação de programas de segurança do paciente”. Além disso, o diretor executivo também falou dos desafios que existem para implementar ações nesse sentido, e como a iniciativa da FEHOSUL irá facilitar o caminho das organizações de saúde do RS que buscam aprimorar seus serviços. Confira:

Para a médica patologista do Instituto de Patologia de Passo Fundo, Daniela Schwingel, o QUALIS-RS é uma iniciativa “excelente”. Segundo a médica, na apresentação foi demonstrado “de forma sintática, dinâmica e clara o que é um programa de acreditação, o que a gente precisa para ser acreditado, e ficou claro que vamos ter o apoio da FEHOSUL”. Assista a entrevista de Daniela Schwingel ao Setor Saúde:

Segundo André Luiz Pontin, diretor da DiagLaser (Porto Alegre) a iniciativa é “extremamente importante”, e que o principal objetivo buscado pela instituição ao aderir ao projeto é “a melhoria na qualidade do atendimento e na segurança para o paciente”. Confira o representante da DiagLaser em declaração ao Setor Saúde:

O Projeto QUALIS-RS tem um conjunto de características relevantes que contribuem para o seu sucesso, dentre elas: Corpo Técnico especializado; condições efetivas de implantação de desenvolvimento de práticas para ações de Segurança do Paciente; planejamento e implementação de planos e ações para a promoção das condições para a Acreditação – ONA; e participação de várias entidades e organismos locais no financiamento do Projeto, tornando-o mais acessível.

O RS ocupa hoje a sexta posição dentre os entes federativos com mais certificações válidas pelo Sistema Brasileiro de Acreditação da ONA. Atualmente, 20 entidades possuem o selo da ONA no Estado, sendo que destes, apenas cinco com selo de excelência (nível mais alto). “Este projeto busca criar a sinergia ideal que seja capaz de contribuir com a saúde não apenas do RS, mas do Brasil, gerando uma competição sadia em prol da seguranca do paciente”, resume Ruffini.

CNS e a ONA

A FEHOSUL é filiada à Confederação Nacional de Saúde (CNS), entidade máxima de representação dos estabelecimentos assistenciais de saúde no Brasil. A CNS, por sua vez, é uma das fundadoras da ONA (ocorrida em 1999, há 18 anos) e ocupa cadeira no conselho de administração da mesma, como entidade associada.

VEJA TAMBÉM

Série Especial

As ações do Hospital Moinhos de Vento contra a Covid-19

O Portal Setor Saúde apresenta, a partir de hoje, 7, dia mundial da saúde, como importantes instituições estão se preparando para lidar com os casos: Grupo Hospitalar Conceição (GHC), Hospital Moinhos de Vento, Hospital Mãe de Deus/AESC, Hospital Ernesto Dornelles, Hospital Divina Providência, Hospital São Lucas da PUC-RS, Hospital de Caridade Dr Astrogildo de Azevedo (Santa Maria), Hospital Tacchini (Bento Gonçalves), Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul), Hospital Santa Lucia (Cruz Alta), Hospital São

As ações do Grupo Hospitalar Conceição para o enfrentamento da COVID-19

O Portal Setor Saúde apresenta, a partir de hoje, 7, dia mundial da saúde, como importantes instituições estão se preparando para lidar com os casos: Grupo Hospitalar Conceição (GHC), Hospital Moinhos de Vento, Hospital Mãe de Deus/AESC, Hospital Ernesto Dornelles, Hospital Divina Providência, Hospital São Lucas da PUC-RS, Hospital de Caridade Dr Astrogildo de Azevedo (Santa Maria), Hospital Tacchini (Bento Gonçalves), Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul), Hospital Santa
covid-19

Exclusivo: Como hospitais gaúchos lidam com o aumento de casos da Covid-19 no RS

O aumento rápido do número de casos de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) se apresenta como um enorme desafio para os sistemas de saúde do mundo. No Brasil, de acordo com estimativas do Ministério de Saúde e de diversos estudos, serão meses com grande e crescente número de casos da doença. Com o crescimento e a necessidade de