Gestão e Qualidade, Tecnologia e Inovação | 24 de setembro de 2019

DiagLaser investe R$ 8 milhões e inaugura novas instalações no complexo Medplex, em Porto Alegre

Hospital oftalmológico oferece comodidades como concierge, novas tecnologias e salas de cirurgia diferenciadas
DiagLaser investe R$ 8 milhões e inaugura novas instalações no complexo Medplex, em Porto Alegre

O hospital oftalmológico DiagLaser inaugurou seu novo espaço de atendimento, no Medplex Santana (Torre Sul do MedPlex, Rua Gomes Jardim, 301 – 13º andar – Bairro Santana), na segunda-feira (23), em Porto Alegre. A cerimônia contou com a presença de lideranças e executivos da saúde, além da embaixadora da República Tcheca no Brasil, Sandra Linkensederová.

Um dos objetivos é que os pacientes se sintam como se estivessem sendo atendidos em um hotel. Para isso, foi apresentado o novo serviço de concierge oferecido pelo DiagLaser, com um profissional que acompanha familiares e o paciente da chegada até a saída do atendimento. Outra novidade é a possibilidade de os pacientes fazerem um tour virtual pelo site, para conhecerem toda a instalação em que serão atendidos.

Nova DiagLaser

Nova DiagLaser

XXX

Além disso, cinco salas de cirurgias possuem nomes e decorações de artistas renomados como Tarsila do Amaral, Salvador Dalí, Van Gogh, Monet e Leonardo Da Vinci (veja fotos no final da matéria).


“ Resolvemos inovar, colocando o nome de um grande artista em cada uma das cinco salas cirúrgicas. A associação que queremos transmitir é uma homenagem aos oftalmologistas, considerando esses grandes pintores da humanidade, que usavam muito os traços para a suas pinturas, o que chamamos de motricidade fina das suas mãos e dedos. O mesmo exemplo é usado por um oftalmologista em sua cirurgia oftalmológica, que são feitas com muitos detalhes, incisões muito pequenas, semelhantes aos grandes artistas”, disse o presidente do DiagLaser, Fernando Lorenz de Azevedo, em entrevista exclusiva ao Portal Setor Saúde.


Fernando Lorenz de Azevedo no coquetel de inauguração realizado no dia 23

Fernando Lorenz de Azevedo no coquetel de inauguração realizado no dia 23

xxx

Estrutura e investimento

Em um espaço de mil metros quadrados, foram investidos cerca de R$ 8 milhões – metade na parte física e metade em tecnologias. O hospital oftalmológico aponta que as metas previstas para o segundo semestre foram alcançadas rapidamente. Assim, a empresa já trabalha na expansão junto ao complexo de saúde, com abertura de novos espaços e início dos atendimentos em 2020.

“No ano de 2018, foram realizados mais de 20 mil procedimentos, entre tratamentos e cirurgias, no DiagLaser. É um número significativo, que remete, no segmento privado, à liderança de mercado. E isso, seguramente, é o que nos motivou a fazer esse movimento de modernização de sua estrutura”, explicou o presidente Fernando Lorenz.

Tecnologia de ponta

A tecnologia disponível no DiagLaser foi enfatizada pelo presidente e por diretores do hospital oftalmológico. “Nós estamos com uma estrutura atualizada em relação a todas as estruturas no mundo. O que existe nos Estados Unidos, na Europa, estão disponíveis no DiagLaser”, disse o presidente.


“Disponibilizamos o laser mais rápido no mundo, com correção de grau em um segundo. Outro exemplo de equipamento de última geração é a tecnologia que dispomos para a cirurgia da catarata, que é a cirurgia mais demandada. São tecnologias que parecem inacreditáveis”, disse o diretor técnico do DiagLaser, oftalmologista Mario Antonio Della Giustina Filho.


“A medicina vem sofrendo transformações, e uma das especialidades que mais cresceu em termos de tecnologia foi a oftalmologia. Aqui, temos aparelhos que viabilizam, através do laser, cirurgias de miopia, astigmatismo, hipermetropia, catarata, glaucoma, em que tudo isso vai facultar para nós um trabalho mais fácil, porque hoje em dia se trabalha com microscópio, e os microscópios do DiagLaser e o que temos aqui são o que há de melhor, ajuda muito o nosso trabalho. Melhorando a técnica, alcançamos melhor resultado, e o paciente o beneficiado”, apontou o oftalmologista Joaquim José Xavier, diretor clínico do DiagLaser.

MedPlex Santana

MedPlex Santana

xxx

DiagLaser e Medplex Santana

O DiagLaser é um centro de diagnóstico e hospital dia com trajetória de mais de vinte anos. Mais de cem médicos utilizam a infraestrutura para realizar procedimentos oftalmológicos.

O Medplex Santana é o complexo de saúde mais moderno do sul do país, segundo informações da construtora Cyrela Goldzstein, responsável pela estrutura. Reúne, em um mesmo espaço, todos os serviços necessários à demanda de médicos e pacientes em um local desenvolvido exclusivamente para a prática da medicina. Entre os diferenciais destacam-se corredores e elevadores mais amplos e a instalação de portas duplas para passagem de macas, em conformidade com as normas existentes quanto à infraestrutura de estabelecimentos de saúde, definidas na RDC-50.

Acesse o site da DiagLaser.

DiagLaser_Medplex

 

VEJA TAMBÉM

Virginia Mason se reinventa com uso da telemedicina alinhado à sua cultura baseada em valor

Antes da pandemia da Covid-19, pacientes dos Estados Unidos costumavam viajar longas distâncias para realizar procedimentos cirúrgicos complexos nos hospitais considerados Centros de Excelência (COE, na sigla em inglês), que atendem sob critérios rigorosos de segurança e qualidade. Basicamente é um movimento comum que consiste em buscar centros especializados com atendimento considerado excepcional e de
covid-19

Santa Casa de Porto Alegre lança serviços especializados em Covid-19 para empresas

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre lançou um pacote de serviços relacionados à Covid-19 direcionados a pequenas, médias e grandes empresas, que envolvem testes diagnósticos, orientações e consultas virtuais. Segundo a Santa Casa, a proposta de levar serviços especializados para empresas já é uma rotina de relacionamento com o mercado, porém, considerando o cenário atual, em que

Vacinas no Brasil: Oxford/AstraZeneca disponível ainda neste ano e chinesa (Sinovac) inicia testes dia 20

A vacina contra o Covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, com testes no Brasil, poderá ficar disponível à população ainda este ano. A afirmação foi feita por Maria Augusta Bernardini, diretora-médica do grupo farmacêutico AstraZeneca. O grupo anglo-sueco participa das pesquisas da universidade inglesa em parceria com Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).