Gestão e Qualidade | 8 de setembro de 2017

Rede de medicina diagnóstica Quest no Brasil em 2018

Primeira unidade física da empresa em solo brasileiro será em São Paulo
Rede de medicina diagnóstica Quest no Brasil em 2018

A rede de medicina diagnóstica norte-americana Quest abrirá seu primeiro laboratório no Brasil no início de 2018. A entrada de estrangeiros neste segmento com uma unidade física é considerada pioneira. O empreendimento da Quest, com sede em São Paulo, será uma joint venture com a Labet. As empresas dos Estados Unidos dominam o setor no mundo.

O foco inicial serão exames toxicológicos, exigidos por lei desde 2015 para motoristas profissionais. O procedimento vinha sendo feito à distância, com amostras de brasileiros enviadas pela Labet aos laboratórios da Quest nos EUA, mas sem nenhuma unidade física em solo pátrio.

A rede atende mais da metade dos hospitais nos Estados Unidos e fornece assistência médica para mais de 250.000 contas de médicos e hospitais ao redor do mundo. A Quest define seus serviços como “o fornecimento de exames modernos e inovadores para melhorar o atendimento a pacientes e transformar as informações em conhecimento e idéias”. A empresa já entregou mais de 20 bilhões de resultados de exames na última década.

Mercado Brasileiro

A Quest pode representar um desafio para os grandes laboratórios brasileiros, como Dasa, Fleury, Alliar e Hermes Pardini. As brasileiras vêm se preparando para o desafio de atualização tecnológica em meio a uma série de outras pressões relacionadas a custo na cadeia de saúde privada. O reforço estrangeiro teria ainda um empurrãozinho no fato de um grande plano de saúde – fonte pagadora dos exames – ser hoje norte-americana: a UnitedHealth. A empresa, que é dona da Amil, conhece e trabalha com as gigantes de diagnóstico fora do Brasil.

VEJA TAMBÉM

Verde, amarelo e vermelho: hospital rotula alimentos e aumenta venda de produtos saudáveis

Um recente estudo divulgado no JAMA Network Open (produzido pela Associação Médica Americana), realizado por pesquisadores do Massachusetts General Hospital (MGH), localizado em Boston (EUA), mostrou que inserir rótulos nos produtos alimentares em um refeitório hospitalar pode auxiliar na educação alimentar dos funcionários. Os resultados demonstraram a redução de “calorias compradas” pelos colaboradores e o aumento da venda
MERCADO

Centro Clínico Gaúcho contrata dois novos executivos

A operadora de planos de saúde Centro Clínico Gaúcho (CCG) anunciou a contratação de dois novos executivos. Mauro Medeiros Borges assume a diretoria executiva de operações, e Fábio Bernal Rossetto, a diretoria executiva financeira. Borges é médico e tem experiência em gestão no mercado hospitalar e de planos de saúde. Rossetto é economista com pós-graduação e experiência em gestão empresarial,
SEMINÁRIOS DE GESTÃO

Inovação, Novas Tecnologias e Gestão Disruptiva em Saúde com inscrições abertas

As inscrições para a terceira edição do Seminários de Gestão com o tema Inovação, Novas Tecnologias e Gestão Disruptiva em Saúde, já estão abertas. O evento ocorrerá no dia 2 de agosto, no Hotel Plaza São Rafael (Av. Alberto Bins, 514 – Centro Histórico, Porto Alegre). As inscrições podem ser realizadas através deste link (inscrições realizadas até o dia 24/07, possuem desconto). Para a inscrição