Gestão e Qualidade | 18 de março de 2016

Prossegue a implantação do Health Hub Porto Alegre

Encontro no Sindihospa foi realizado dia 16 de março
Prossegue a implantação do Health Hub Porto Alegre

Uma nova reunião para tratar da implantação do Health Hub Porto Alegre foi realizada no dia 16 de março, no Sindihospa. Representantes da PUCRS apresentaram, no encontro, as áreas de desenvolvimento do seu Parque Científico e Tecnológico. O Tecnopuc, que abriga 120 organizações e mais de 6,3 mil postos de trabalho, estimula a pesquisa e a inovação por meio de ação simultânea entre academia, instituições privadas e governo. Na reunião, foi explicado como as empresas, as entidades e os centros de pesquisa trabalham nas suas duas unidades (Porto Alegre e Viamão).

A explanação sobre o projeto Raiar – Incubadora de Empresas da PUCRS, foi um dos destaques da apresentação de Denis Barbieri (foto), da Agência de Gestão Tecnológica núcleo de viabilização de projetos de pesquisa do Tecnopuc. O objetivo é estimular e operacionalizar a visão empreendedora da comunidade. Por meio desse programa, a instituição apoia projetos de negócio, dando suporte em assessorias e infraestrutura, transformando-os em empreendimentos competitivos. Dentro do campo de “Ciências da vida”, um dos eixos estruturantes de sua atuação, operam as seguintes organizações:

Centro de Pesquisas em Biologia Celular e Funcional;

Laboratório Analítico de Insumos Farmacêuticos; 

nstituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Tuberculose; 

Instituto do Cérebro; 

Além do Centro de Modelos Biológicos Experimentais, que fica fora da área central de operações. 

Por meio das empresas alocadas no Tecnopuc, já foram viabilizados equipamentos para o mercado da saúde, como o desfibrilador móvel e monitores multiparâmetro e de triagem. Entre as empresas parceiras da área da saúde, estão a LACOG, a Quatro G, InsCer, Lifemed e a FK Biotec, que atua ao lado do Governo do Estado no desenvolvimento de um kit de diagnóstico para o Zika vírus.

O Health Hub visa aumentar a escala de produção na saúde de Porto Alegre com sustentabilidade. O projeto, ainda em fase de estruturação, pretende promover pesquisas e implantar novos produtos e serviços. A iniciativa reúne hospitais, empresas, associações, instituições de ensino e entidades da capital gaúcha.

O projeto Health Hub Porto Alegre foi lançado em dezembro de 2015 pela Prefeitura de Porto Alegre. Por meio de parcerias e atração de investimentos, o projeto quer fazer da Capital gaúcha uma referência internacional em saúde, com foco no desenvolvimento econômico no setor. O Sindihospa, com apoio da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul (Fehosul), vem realizando reuniões no intuito de auxiliar na implementação do projeto.

O próximo encontro está marcado para o dia 30 de março, quando representantes da Universidade Federal do RS (Ufrgs) apresentarão seu modelo de inovação e pesquisa. Saiba mais sobre a iniciativa e algumas parcerias já firmadas com o Grupo Zaffari e a construtora Melnick Even.

A Fehosul foi representada pela gerente de relacionamento com o mercado, administradora hospitalar Shirlei Gazave. O diretor-executivo do Sindihospa, administrador Tibiriçá Rodrigues, comandou a atividade que também contou com a presença do secretário municipal da saúde, cirurgião dentista Fernando Ritter; o secretário municipal da Fazenda, economista Jorge Tonetto; a coordenadora da unidade de Alta e Média Complexidade da Secretaria Municipal da Saúde, enfermeira Tatiana Breyer; o assessor parlamentar da SMS, cientista político Djedah Lisboa; a gastroenterologista Fernanda dos Santos Oliveira, do Hospital de Clínicas de Porto Alegre; o analista comercial Lucas Ávila Chagas, do Hospital Mãe de Deus; o diretor da Escola de Engenharia da UFRGS, engenheiro civil Luiz Carlos Pinto da Silva Filho; a gerente de prospecção e inovação do Tecnopuc, química Maria Elisabete Mollmann; a diretora de negócios da Unicred, Maria Zélia Höhn; o coordenador da Comissão de Pesquisa da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), médico Paulo Zen; o diretor do Tecnopuc, Rafael Prikladnicki; o diretor técnico e clínico do Hospital São Lucas da PUCRS, médico Salvador Gullo Neto; e os diretores do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia de Porto Alegre (Comcet), Jorge Branco e Sady Jacques.

VEJA TAMBÉM

Conheça 6 protocolos do Hospital São Lucas da PUC-RS para garantir atendimento seguro aos seus pacientes

O Portal Setor Saúde, em parceria com a Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do RS (FEHOSUL), lançou uma série especial de entrevistas com gestores das instituições de saúde, onde são destacadas as novas rotinas adotadas pelos hospitais durante a pandemia da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). São abordadas também algumas consequências danosas associadas à pandemia, entre as
mercado

Fundos de investimento XP e IG4 Capital anunciam aquisições no setor hospitalar

Dois fundos, a XP Investimentos (XPI) e o IG4 Capital, anunciaram nos últimos dias investimentos pesados no setor hospitalar. Juntas, as aquisições feitas pelos fundos ultrapassam os R$ 400 milhões de reais. Os hospitais envolvidos foram o Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro, em Belo Horizonte (MG), o Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz, em Manaus (AM) e o Centro Brasileiro de Visão (CBV Hospital

Como o Hospital Tacchini vem atuando para garantir atendimento seguro a pacientes Covid e não Covid

A pandemia da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) fez com que diversas rotinas fossem alteradas em todo o mundo. Na área da saúde, uma das consequências notadas  foi a suspensão dos procedimentos eletivos – cirurgias, exames diagnósticos e consultas – com impactos relevantes para a sustentabilidade dos hospitais, mas também, para a saúde os pacientes. Segundo