Empregabilidade e Aperfeiçoamento | 27 de outubro de 2021

Pacientes com psoríase contam com terapias imunobiológicas em planos privados

Tema será abordado no 1º Fórum Internacional de Psoríase da Psoríase Brasil
Pacientes com psoríase contam com terapias imunobiológicas em planos privados

Psoríase Brasil, associação nacional de pacientes com doença psoriásica, organiza seu 1º Fórum Internacional de Psoríase no qual serão abordadas terapias existentes, políticas públicas já conquistadas e os tratamentos à doença que estão em desenvolvimento em nível mundial. O Fórum, que ocorre no sábado (30 de outubro) pela manhã e à tarde, faz parte das programações da ONG pelo Dia Mundial da Psoríase (29).

Segundo a ONG, este ano os pacientes têm muito a celebrar: a obrigatoriedade de fornecimento de sete medicamentos imunobiológicos pelos planos privados de saúde e as perspectivas de tratamentos ainda mais eficazes a essa doença crônica, inflamatória e autoimune que atinge cerca de 2% da população mundial. Em outubro, fecham os seis meses que os planos tinham de tempo máximo para se adaptar e oferecer tal tratamento aos pacientes de psoríase que pagam convênio privado.

As terapias imunobiológicas são as mais modernas, atualmente, no tratamento à doença. De alto custo, esses medicamentos são produzidos a partir de células vivas cultivadas em laboratório e agem diretamente sobre as moléculas inflamatórias que causam a psoríase, atingindo o alvo da doença. Pelo SUS, tais medicamentos foram incorporados em 2019 e, pela rede pública de saúde, além dos biológicos, os pacientes contam também com medicamentos sistêmicos, pomadas e fototerapia.

Fórum Internacional de Psoríase

Nos planos privados, eles tornaram-se medicamentos de disponibilização obrigatória este ano pela Resolução Normativa nº 465/2021, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). “Desde 2019, o panorama de acesso aos tratamentos para psoríase no Brasil vem em progressiva tendência de melhora. É de fato um cenário muito otimista que temos hoje em nosso país para o portador de doença psoriásica, que não deve enfrentar mais dificuldades no acesso ao seu tratamento. Muito mais há de vir!”, comemora a dermatologista Clarrisa Prati, secretária-geral da Secção RS da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A Dra. Jaquelini Barboza, dermatologista que participa do Conselho Internacional de Psoríase e palestrará no Fórum, lembra que a imunodermatologia é uma revolução à qualidade de vida do paciente que, hoje, pode ter até 100% do controle de sua doença. “O futuro do tratamento da psoríase, a médio prazo, será individualizado e baseado no típico específico de psoríase do paciente. Se espera ter biomarcadores, saber através de exame de sangue a cascata da psoríase, conseguindo, assim, bloqueá-la de forma efetiva e segura. E a curto prazo também é maravilhosa, pois temos novas medicações chegando no Brasil, inclusive à psoríase infantil”, explica.   

 O 1º Fórum Internacional de Psoríase terá programação direcionada a profissionais de saúde e outra para o público em geral. “Desafios, avanços e futuro no tratamento à psoríase”, que ocorre das10h às 12h, é focado à área médica. Já à tarde, das 14h às 16h, “Conquistas e desafios dos pacientes com psoríase na Ibero-América”, é voltado aos pacientes. Inscrições gratuitas no site da entidade: www.psoriasebrasil.org.br

Participam médicos brasileiros que são referência no tema, além de dois especialistas internacionais que compartilharão com o público experiências de Portugal e da Colômbia.

 



VEJA TAMBÉM

Hospitais Tacchini e Sírio-Libanês iniciam parceria em residências médica e multiprofissional

Os hospitais Tacchini, de Bento Gonçalves (RS), e Sírio-Libanês, de São Paulo (SP), iniciam em novembro a parceria na formação dos 40 preceptores que vão comandar as residência médica e multiprofissional da instituição gaúcha. O primeiro dos cinco encontros programados será presencial e ocorrerá entre os dias 25 e 27 de novembro, no Campus Universitário da
cuidado integral

Atletas virtuais do bem: Dasa lança campanha gamificada no Novembro Azul

A gamificação vem se popularizando nas empresas. O setor de Recursos Humanos registrou, em 2020, a maior taxa de crescimento no mercado de gamificação, com aumento de 27,8% (Prescient & Strategic Intelligence, 2020). A Dasa vem utilizando essa estratégia para incentivar, de forma divertida e dinâmica, seus colaboradores quanto ao autocuidado e o cuidado com o próximo. Como parte do programa Dasa Cuida, o Desafio +30 foi lançado para conscientizar os colaboradores sobre a prevenção ao câncer de próstata. Na ação, que
Gestão de pessoas

ABRH-RS entrega prêmios Top Ser Humano 2021 ao CCG Saúde

O CCG Saúde  recebeu dois prêmios da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS) na edição do Top 2020-2021, em cerimônia realizada na noite de quarta-feira (24). Os troféus foram conquistados na categoria Top Ser Humano, com os cases “Somos Pessoas de Valor: inovação e humanização como trajetória de transformação” e “Cuidando de quem cuida: nossa trajetória de