Gestão e Qualidade | 29 de setembro de 2017

Mãe de Deus adota sistema de triagem cardiovascular avançada na emergência 

A vantagem é a agilidade no atendimento a pacientes com suspeita de problemas cardíacos
Mãe de Deus adota sistema de triagem cardiovascular avançada na emergência 

No Brasil, as doenças cardiovasculares constituem a principal causa de morte. Para cada 10 óbitos, três deles ocorrem por doenças cardíacas. No Hospital Mãe de Deus, o atendimento ao ataque cardíaco já era prioridade através dos protocolos de dor torácica e, agora, acompanhando as transformações da cardiologia contemporânea, a emergência terá uma nova área de triagem avançada cardiovascular, que estará funcionando a partir de outubro de 2017.

O orientador da equipe de cardiologia na emergência, Dr. Euler Manenti, explica que esses protocolos levam em consideração justamente a necessidade de reconhecer o mais rápido possível o tipo de problema cardíaco do paciente que entra na emergência. Uma ferramenta à disposição é a ecografia torácica e sua aplicação na medicina de emergência, conhecida como Blue Protocol, que permite o diagnóstico rápido e encaminhamento da melhor estratégia de tratamento, gerando melhores resultados. “A emergência já tinha as salas de dor no peito, agora estamos ampliando o conceito e o atendimento”, observa Dr. Manenti. Ele acrescenta que situações como cansaço, falta de ar e desmaios, que nem sempre eram reconhecidas como sintomas de doença cardíaca, agora serão observados como tal e submetidos à ecografia torácica.

Para ampliar o atendimento sistematizado aos pacientes com insuficiência cardíaca, arritmias cardíacas e síncope (perda de sentido), a nova área contará com médicos cardiologistas, filiados ao Acute Cardiovascular Care of the European Society of Cardiology, cujos protocolos assistenciais foram customizados para utilização no Hospital Mãe de Deus.

Segundo a instituição, “para viabilizar um processo assistencial tão inovador e específico a equipe de emergencistas do hospital contará com o apoio estratégico de cardiologistas experts em tratamento de situações cardíacas de emergência. Como retaguarda, o Hospital Mãe de Deus oferece o que há de mais moderno em um serviço de cardiologia, com uma estrutura que conta com a sala de tratamento endovascular, sala híbrida com capacidade para realização ao mesmo tempo de procedimentos endovasculares e cirúrgicos, uma das mais modernas do país, onde é realizado também tratamento e diagnóstico de arritmias complexas. Com uma visão de linha de cuidado assistencial, o hospital conta com uma unidade de tratamento intensivo cardiovascular e unidade de internação de internação especializada em cardiologia. O Hospital Mãe de Deus através desse projeto abre uma nova porta para a comunidade com uma emergência cardiovascular”, afirma o hospital.

Sala híbrida com capacidade para realização ao mesmo tempo de procedimentos endovasculares e cirúrgicos,

Sala híbrida com capacidade para realização ao mesmo tempo de procedimentos endovasculares e cirúrgicos

VEJA TAMBÉM

Laboratório Mont’Serrat é o primeiro da região Sul a oferecer teste que mede nível de imunidade contra o SARS-CoV-2

A confirmação de reinfecções pelo SARS-CoV-2 e uma mutação deste vírus já identificada no país vêm deixando a população alerta neste início de ano. Diante do grande número de pessoas que já contraíram o coronavírus (Covid-19), a possibilidade de confirmar o nível de imunidade contra a doença pode trazer um pouco mais de tranquilidade. Esse
qualidade e segurança do paciente

Hospitalar ATS conquista acreditação de nível máximo pela ONA 

A Hospitalar ATS, de Porto Alegre (RS), conquistou a acreditação de nível 3 (Excelência) da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Fundada em 1997, a empresa atua oferecendo soluções para as necessidades dos pacientes fora do ambiente hospitalar, como serviços de home care. Entre os produtos oferecidos estão a Assistência Domiciliar Supervisionada, Internação Domiciliar, Procedimento Pontual
sequelas Covid

Hospital Mãe de Deus inaugura Serviço de Recuperação Pós-Covid

Após dez meses de pandemia, com mais de quatro mil pacientes atendidos e diagnosticados com Covid-19, tanto da capital quanto do interior do Estado, o Hospital Mãe de Deus está recebendo uma procura muito grande de pessoas que precisam de orientações para a continuação do tratamento após a doença. Para atender esta demanda, desde o dia 11 de janeiro começou a funcionar o Serviço de Recuperação Pós-Covid.