Gestão e Qualidade | 14 de novembro de 2018

Dois hospitais de Porto Alegre passam a integrar projeto Lean nas Emergências

Hospital de Clínicas e Hospital Vila Nova participam de iniciativa do Ministério da Saúde e Hospital Sírio-Libanês
Dois hospitais de Porto Alegre passam a integrar projeto Lean nas Emergências

Dois hospitais de Porto Alegre foram selecionados para participar do projeto Lean nas Emergências, iniciativa do Ministério da Saúde e Hospital Sírio-Libanês. O acompanhamento dos consultores começou nesta semana, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e na Associação Hospitalar Vila Nova. O objetivo é reduzir a superlotação e melhorar o atendimento em urgência e emergência de hospitais públicos e filantrópicos.

Na terça-feira, 13, os consultores Rasivel dos Reis Santos Júnior e Ricardo Gerbelli, do Sírio-Libanês, reuniram-se com a direção do HCPA e representantes da equipe do hospital e da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda-feira, 12, o encontro ocorreu no Hospital Vila Nova. De acordo com a assessora técnica de Atenção Hospitalar da SMS, Bianca Bertuzzi, a expectativa é de reduzir o tempo de permanência do paciente na emergência e na UTI, melhorando o fluxo do bloco cirúrgico e o acompanhamento do paciente dentro do hospital. “Acreditamos que a iniciativa vai reverberar na rede inteira de atenção à saúde da cidade”, avalia Bianca. O novo fluxo de organização, segundo ela, implica diminuir o retrabalho, fazer mais com menos pessoal e recursos, tendo em vista a melhoria no atendimento ao paciente.

Os hospitais têm seis meses para atingir os resultados almejados no programa, com supervisão quinzenal dos consultores. O chefe médico da emergência do HCPA, João Carlos Santana, aposta nos bons resultados a partir do acompanhamento da equipe. “Começamos um treinamento forte e contínuo, envolvendo cada vez mais pessoal da equipe no sentido de absorver e organizar melhorias a partir de novos processos”, afirma. A ideia é qualificar serviços, diminuindo a superlotação das emergências. “Consideramos que o paciente não é do hospital nem da emergência, ele é da rede, e quanto mais dermos condições de qualidade para que ele saia do hospital e volte para casa, abrimos espaço para outros pacientes graves acessarem o serviço”, explica Santana.

O projeto Lean nas Emergências integra o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) para o triênio de 2018 a 2020. O Sistema Lean, que pode ser traduzido como produção enxuta, é uma metodologia japonesa que chegou ao ocidente após a Segunda Guerra Mundial e foi utilizada em inúmeros setores produtivos. A partir da década de 90, houve a adaptação para utilização na área da saúde, com impactos muito positivos. “No desenrolar do projeto, é possível que outros hospitais de Porto Alegre também integrem-se à iniciativa”, completa o coordenador de Atenção Hospitalar da SMS, João Marcelo Fonseca.

Conforme informações do Ministério da Saúde, a implantação da iniciativa começou pela porta da emergência geral, identificando os tempos de atendimento e de maior fluxo. Foram alocados recursos humanos nos horários de maior fluxo de paciente na porta, agilizando assim o atendimento. Atualmente, 16 hospitais do país já passaram pelo processo de intervenção.

 

Com informações Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre e Prefeitura de Porto Alegre. Foto de Cristine Rochol/PMPA. Edição SS. 

VEJA TAMBÉM

Diretrizes clínico-assistenciais são apresentadas no 10º Seminário PROADI-SUS

O Hospital Moinhos de Vento promoveu na quarta-feira (10), o 10º Seminário PROADI-SUS, realizado no Anfiteatro Schwester Hilda Sturm do Hospital, em Porto Alegre. Nesta edição, foi apresentado o projeto Desenvolvimento de Diretrizes Clínico-Assistenciais para o SUS. O objetivo dos encontros é compartilhar informações sobre as iniciativas desenvolvidas em parceria com o Ministério da Saúde,
ENTREVISTA

Hospital Ernesto Dornelles torna-se o 5º hospital gaúcho associado a ANAHP

Após a adesão do Hospital Ernesto Dornelles oficializada recentemente, a saúde gaúcha agora conta com cinco hospitais associados a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), entidade representativa dos principais hospitais privados de excelência do país. O Ernesto Dornelles é uma instituição privada, inaugurada em 1962. Conta atualmente com 312 leitos e 33 especialidades médicas. O Portal Setor Saúde conversou com

Hospital Moinhos de Vento promove em Brasília 2° Encontro Internacional do Projeto Paciente Seguro

A segunda edição do Encontro Internacional do Paciente Seguro, realizada na terça-feira (9), em Brasília, reuniu profissionais de saúde de todas as regiões do país para compartilhar experiências e conhecimento sobre segurança do paciente e qualificação do SUS. Realizado pela equipe do Projeto Paciente Seguro, com a coordenação do Hospital Moinhos de Vento, em parceria