Empregabilidade e Aperfeiçoamento, Gestão e Qualidade | 4 de junho de 2021

Demanda por gestores hospitalares cresce exponencialmente 

Segundo a coordenadora da graduação em Gestão Hospitalar da Fasaúde/IAHCS, área tem oferecido grandes oportunidades
Demanda por gestores hospitalares tem crescido exponencialmente 

O setor da saúde tem repetido nos últimos meses um cenário constante de geração de novos postos de trabalho. Conforme levantamento da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde), baseado em informações do Novo Caged, o setor gerou no mês de abril de 2021 um saldo positivo de 30.259 novos postos de trabalho. No acumulado do ano (jan/abr) foram 120.244 novos postos de trabalho. Após as carreiras assistenciais, a área de gestão é uma das que mais tem oferecido oportunidades no mercado de trabalho da saúde.

Segundo o portal Salários.com.br os cargos relacionados aos profissionais formados em cursos tecnológicos em gestão hospitalar estão com “altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses. No comparativo entre os meses de maio de 2020 e abril de 2021, tivemos um aumento de 70% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho”, diz o site especializado em salários e profissões. O site se baseia em dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web divulgados pela Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Dentre os motivos estão o aumento de investimentos em novas estruturas hospitalares e de saúde e a necessidade de contratação de profissionais para gerir estes espaços, assim como a imposição por tornar os negócios mais sustentáveis frente ao aumento de custos.

Maralice Staniecki (foto abaixo), coordenadora do curso de graduação em Gestão Hospitalar da Faculdade de Tecnologia em Saúde (FASAÚDE, do grupo IAHCS), confirma que os investimentos na saúde aumentaram nos últimos anos, assim como a demanda por profissionais para apoiar a gestão. “Nos próximos meses, dois hospitais de grande porte serão inaugurados em Porto Alegre [Humaniza/CCG Saúde e Nora Teixeira/Santa Casa]. Recentemente, ampliações importantes foram entregues em estruturas públicas e privadas de saúde, demandando um maior número de profissionais de gestão. O que percebemos é que a demanda por gestores tem aumentado consideravelmente. Somos procurados com frequência para indicar alunos da nossa Faculdade para vagas de emprego, não apenas em hospitais, mas também em operadoras, consultorias, indústria e comércio de equipamentos e insumos, empresas de TI, centros clínicos e laboratórios. A nossa graduação possibilita a atuação não apenas em hospitais, mas em todos os segmentos da saúde”, diz.

Demanda por gestores hospitalares cresce exponencialmente -

O site Salários aponta ainda que um Tecnólogo em Gestão Hospitalar Júnior ganha em média R$ 4.446,86, o nível pleno recebe cerca de R$ 5.030,42, já o Sênior tem uma média salarial de R$ 6.042,69 mensais de acordo com pesquisa do site junto aos dados oficiais do CAGED. O site lembra, porém, que os salários podem ser bem maiores, dependendo do porte da empresa, anos de experiência e formação complementar do profissional, como cursos de extensão e pós-graduação.

“Mudança de ares”

“Estamos identificando ainda, que alguns profissionais estão escolhendo o nosso curso de Gestão Hospitalar pensando em uma mudança de foco. São profissionais que atuam em atendimento direto a pacientes [como enfermeiros/técnicos], mas que estão querendo “mudar os ares”, talvez motivados pelo impacto da pandemia, saindo da assistência para começar um caminho novo no campo gerencial”, avalia Staniecki.

A coordenadora explica que o interessado em se tornar um gestor de negócios na saúde deve buscar uma instituição séria, com histórico reconhecido e com professores atuantes no mercado. “A instituição de ensino deve ser reconhecida pelo mercado por sua competência. O nosso aluno, por exemplo, tem como diferencial o acesso a um corpo docente qualificado e a um ensino que alia a excelência acadêmica dos programas educacionais do IAHCS, com a trajetória de mais de 45 anos de atuação formando lideranças na saúde. O IAHCS foi pioneiro no Sul do país a oferecer nos anos 70 o curso de especialização em Administração Hospitalar [hoje MBA Gestão Estratégica e Valor em Saúde]. Além disso, o nosso corpo docente atua na saúde, o que garante acesso a uma ampla gama de conteúdos atualizados constantemente. Em uma área altamente regulada como é a da saúde, este fator é essencial”, diz Staniecki.

Staniecki finaliza convidando os interessados a conhecerem os diferenciais da instituição de ensino. “Nosso curso oferece, por exemplo, um sistema de certificação ao final de cada semestre, o que aumenta as chances na hora de buscar inserção no mercado de trabalho. Outro diferencial importante é que a nossa matriz curricular está disposta de forma a possibilitar que o aluno, se desejar, consiga se formar como gestor hospitalar em apenas 2 (dois) anos”, completa.

Mais informações podem ser obtidas pelo site http://fasaude.com.br/graduacao

A instituições oferece ainda cursos de Pós-Graduação, confira em http://fasaude.com.br/cursos#pos-graduacao

VESTIBULAR2021_2_CARDS-600

 

VEJA TAMBÉM

Proposta do I Simpósio Nacional de Doenças de Pele ganha espaço na Câmara Federal e pretende garantir direitos a pacientes

O I Simpósio Nacional “O Cenário das Doenças Crônicas de Pele no Brasil”, realizado recentemente e de forma híbrida, marcou o lançamento de mais um projeto da ONG Psoríase Brasil, o Doenças de Pele Brasil (DPB). A iniciativa busca ampliar a atuação da instituição no enfrentamento às doenças crônicas e imunomediadas da pele, como o Vitiligo, Dermatite Atópica, Urticária Crônica Espontânea, Hidradenite Supurativa e Doença Psoriásica.
04 de julho, às 16h

“Encontro Juntos” do Hospital Moinhos de Vento aborda mitos e verdades sobre acupuntura

O Hospital Moinhos de Vento disponibiliza acupuntura para as pacientes do Núcleo Mama Moinhos e, em breve, esse serviço será expandido para todos que são atendidos na Oncologia. Com o objetivo de esclarecer a técnica para pacientes, familiares, rede de apoio e, também, para o público em geral, o assunto será pauta da edição de

Hospital Cristo Redentor inaugura nova Unidade de Internação de Traumatologia e Ortopedia

Foi inaugurada na tarde desta sexta-feira, 1º de julho, a Unidade de Internação de Traumatologia e Ortopedia do Hospital Cristo Redentor (HCR), instituição integrante do Grupo Hospitalar Conceição (GHC). A obra teve início em agosto de 2020 e contou com investimento de cerca de R$ 1,5 milhão. Com área total de 1.520 metros quadrados, a reforma da unidade