Gestão e Qualidade | 31 de janeiro de 2016

A prioridade é reestabelecer as condições operacionais dos hospitais

Reunião de emergência reúne direções de hospitais, entidades de classe e Prefeito Municipal
A prioridade é reestabelecer as condições operacionais dos hospitais

O prefeito, em exercício, de Porto Alegre, Sebastião Melo disse no final da tarde de domingo, dia 31, que a prioridade é reestabelecer as condições operacionais dos hospitais, em declaração feita após reunião de emergência no Centro Integrado de Controle (CEIC), que contou com Fernando Andreatta Torelly, presidente do Sindihospa, de direções dos hospitais e dos secretários da saúde João Gabbardo dos Reis (Estadual) e Jorge Cuty (Municipal, em exercício). Fortes chuvas atingiram Porto Alegre no final da noite de sexta e madrugada de sábado.

Contabilizar os prejuízos e avaliar as formas de reestabelecer os atendimentos à população foram alguns dos objetivos da atividade que contou com a presença de autoridades do Exército, representantes da Brigada Militar (BM), da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Situação dos hospitais

O HCPA emitiu comunicado salientando que não está recebendo novos pacientes, ou seja, sua emergência permanece fechada, em função da falta de água, até que seja reestabelecido o serviço pelo DMAE. Com o forte temporal da última sexta à noite, houve também danos e alagamentos que restringiram a assistência na Emergência, Bloco Cirúrgico e Centro Obstétrico.

Por volta da 19h30 de domingo, Sebastião Melo anunciou: “teremos uma certa normalidade da água pela madrugada e manhã de segunda feira”.

O Instituto de Cardiologia igualmente enfrenta restrição na sua emergência. Árvores caíram, impedindo o acesso ao estabelecimento. Todos os atendimentos do SUS foram cancelados.

As cirurgias eletivas no Hospital Mãe de Deus foram canceladas e o centro obstétrico foi fechado até a normalização do serviço. Por segurança aos pacientes, a emergência também não está atendendo, em função das más condições ocasionadas pelas chuvas.

Já o Hospital Ernesto Dornelles informou que reabriu a emergência e normalizou o seu fluxo de atendimento. Exames de imagem estão funcionando plenamente.

No entanto, todos os hospitais da Capital enfrentam problemas de abastecimento de água, que somente será normalizado durante a segunda-feira, segundo a Prefeitura. Os secretários Gabbardo e Cuty fizeram um apelo para que os pacientes do interior do Estado não procurem serviços nos hospitais em Porto Alegre nesta segunda-feira, dia 1° de fevereiro.

VEJA TAMBÉM

Laboratório Mont’Serrat é o primeiro da região Sul a oferecer teste que mede nível de imunidade contra o SARS-CoV-2

A confirmação de reinfecções pelo SARS-CoV-2 e uma mutação deste vírus já identificada no país vêm deixando a população alerta neste início de ano. Diante do grande número de pessoas que já contraíram o coronavírus (Covid-19), a possibilidade de confirmar o nível de imunidade contra a doença pode trazer um pouco mais de tranquilidade. Esse
qualidade e segurança do paciente

Hospitalar ATS conquista acreditação de nível máximo pela ONA 

A Hospitalar ATS, de Porto Alegre (RS), conquistou a acreditação de nível 3 (Excelência) da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Fundada em 1997, a empresa atua oferecendo soluções para as necessidades dos pacientes fora do ambiente hospitalar, como serviços de home care. Entre os produtos oferecidos estão a Assistência Domiciliar Supervisionada, Internação Domiciliar, Procedimento Pontual
sequelas Covid

Hospital Mãe de Deus inaugura Serviço de Recuperação Pós-Covid

Após dez meses de pandemia, com mais de quatro mil pacientes atendidos e diagnosticados com Covid-19, tanto da capital quanto do interior do Estado, o Hospital Mãe de Deus está recebendo uma procura muito grande de pessoas que precisam de orientações para a continuação do tratamento após a doença. Para atender esta demanda, desde o dia 11 de janeiro começou a funcionar o Serviço de Recuperação Pós-Covid.